Cidadão do mundo – Lissa Lourenço (Parte 2)

    A Lissa é uma verdadeira “food passion”. Essa veneração vem de família, sua mãe é chef de cozinha e todos fascinados pelo mundo gastronômico. Quando seus pais vieram visitá-la, no ano passado, ela propôs uma programação diferenciada. A renomada faculdade Le Cordon Bleu Paris, rede mundial de instituições de ensino, oferece semanalmente cursos curtos de culinária. Esses workshops são ministrados por professores do campus e os ajudantes são alunos em formação. A sala recebe grupos de até 15 pessoas, portanto precisa se programar com antecedência. Ela descreveu um pouco da sua experiência, “ a aula prática não é voltada ao chef de cozinha, qualquer pessoa pode fazer. Todos os ingredientes e equipamentos necessários são fornecidos, incluindo um avental. Na bancada da frente, fica o professor e há um espelho no teto para facilitar a visualização. Lá ele ensina como preparar três pratos: entrada, principal e sobremesa. Para todas as comidas, há um somelier na sala que indica o melhor vinho acompanhante. Todo o curso é ministrado em francês, porém há um interprete na sala traduzindo em inglês. Nós participamos de um curso voltado para harmonização do vinho e comida. A região escolhida foi Borgonha, sul da Franca”. Depois da preparação dos alimentos, há uma degustação dos pratos. Estes programas de descobertas da culinária, são cursos curtos, de algumas horas ou um dia.  Outras aulas disponíveis são, por exemplo: os segredos do maccaron, quiches e tortas salgadas, verrines e sobremesas de chocolate. Os cursos de duas horas custam 90 euros e os de um dia 175 euros, por pessoa.

_MG_5047

IMG_3751-1

    Outra dica legal da Lissa, para quem não quer gastar tanto dinheiro com hospedagem, é o site airbnb.com .Essa plataforma digital proporciona uma interação entre o anfitrião e o hóspede. Pessoas alugam suas próprias casas durante um período em que não estiverem nelas. A ideia central é proporcionar uma hospedagem mais barata, sem a burocracia de um aluguel. Segundo ela, “ é uma comunidade auto regulada, definida por avaliações. E possível criar um perfil e ler todos os reviews da moradia. Morei durante três meses em uma casa própria, em Paris, e foi um experiência fantástica”. Certamente esse site é direcionado para pessoas que pretendem passar um período maior na cidade. Possui um melhor custo beneficio para grupos.

airbnb-paris-e1371106864177

    Como falei no início deste post, ela é apaixonada por comida e já me deu algumas dicas de Londres, cidade na qual esta morando. “ Fui recentemente no Seven dinner (hamburgueria retro) e amei! Outra indicação do livro “Where the chefs eat” é o Royal China. De acordo com o que disse,  “é o melhor Pato Pequim (crispy) da história e as recomendações do livro nunca decepcionam”.

    E chega ao fim o primeiro post do Cidadão do mundo, e aí gostaram? Lembre-se se você é um cidadão do mundo (ou conhece alguém), me mande um email aqui no contato. Tenho certeza que tais participações farão desta coluna algo muito gratificante para o leitor!

  • Mais informações:

Culinary short courses – Le Cordon Bleu

http://www.lcbparis.com/paris/cuisine-course/en

8 Rue Léon Delhomme
75015 Paris, France

 PS. Bon Voyage!

2 comentários

  1. Gabi sgavioli em Responder

    Pri, muito legal as dIcas! Ja anotei todas… VOu viajar em abril e usei o airbnb, Achei oTimo, muito eficiente!

    1. Priscila em Responder

      Adorei Gabi!! Dps vc conta como foi sua experiência :) Vou postar tbm o meu roteiro de Paris, vc pega mais dicas!!

Deixe um comentário