Roteiro no Le Marais

    Os domingos, em Paris, costumam ser bem agitados no bairro Le Marais. O distrito destaca-se como um dos únicos lugares com o comércio aberto e recebe milhares de visitantes. O bairro histórico foi o berço da colonização judaica e continua a ser o centro da comunidade na cidade. Os elementos característicos do judaísmo enriquecem o ambiente e se misturam com as lojas mais modernas. Para explorar bem a região, minha sugestão é caminhar entre suas principais atrações. Em minha última viagem, conheci alguns lugares interessantes e compartilho com vcs:

Captura de Tela 2014-04-14 às 14.23.53

    O ponto de partida deste roteiro é a padaria/restaurante Schwartz’s Deli. (Já perceberam que sempre inicio os meus roteiros com uma padaria? As minhas raízes paulistanas não me deixam começar de outra forma rss). O local possui um cardápio bem globalizado e  um café da manhã típico americano. Próximo ao restaurante, está uma das ruas mais movimentadas do bairro – Rue des Rosiers. É nesse local onde encontra-se o melhor falafel de Paris (já comentei AQUI), e além disso há lojas, bares e restaurantes.

    O francês, com um legitimo europeu, adora um parque e o Place de Vosges é o representante do bairro. Considerado um dos mais antigos da cidade, é la onde ficava a casa do famoso escritor francês Victor Hugo.. Outro jardim que precisa ser mencionado é o Jardin Anne Frank. Pequeno, charmoso e calmo, fica ao lado do museu judaico.

Place_Vosges

    Um dos destaques do bairro é o Centre Georges Pompidou. O local reúne uma das maiores coleções de arte moderna e contemporânea do mundo. Esse museu foi uma revolução na área da arquitetura, devido ao projeto futurista criado por Renzo Piano, Richard Rogers e Gianfranco Franchini. Todos os canos e tubos são externos e visíveis, elementos da fachada. Quem o visita nao pode deixar de conhecer o restaurante Le Georges. No topo do prédio, o empreendimento do grupo Costes revela uma das melhores vistas de Paris.

centre_georges_pompidou

    Outro achado próximo ao Marais é o Promenade Plantée (ou Coullée Verte), mais conhecido com o high line de Paris. É um parque que se inicia em Bastille e foi construído sob a antiga linha de trem de Vincennes, desativada em 1969. O parque não abre aos domingos, portanto se você adaptar esse roteiro para outros dias da semana, vale incluir o promenade!

Promenade Plantée

PS. bon Voyage!

Deixe um comentário