Arquivo mensal: May 2014

Broadway – O que assitir?

    Mesmo quem nunca foi para Nova Iorque já ouviu falar sobre os espetáculos da Broadway. Conhecidos mundialmente, os musicais são a principal atração noturna da cidade. Atualmente, quem visita a ilha se depara com mais de 50 shows em cartaz e escolher o que assistir não é uma tarefa fácil. Próximo a Times Square, todos os teatros concentram-se em uma área chamada “Theatre DistrictAlguns estão há mais de uma década em cartaz, como o Rei Leão e Fantasma da Opera e para alegria dos visitantes, a cada ano ha novos lançamentos. Abaixo compartilho alguns s espetáculos que já assisti e gostei:

  • Rei Leão

Considerado pelo site Tripadvisor como a segunda melhor atracão turística em Nova York, é uma musical ideal para crianças e adultos. o Baseado no filme da Disney, esse musical esta em cartaz desde 1997. Sua conhecida historia é muito bem retratada pelo elenco afiado e orquestra. Sao varias momentos nostálgicos e de muita emoção. Em cartaz no Minskoff Theatre – 200 West 45th Street.

rei-leao-5

  • Mamma Mia

O espetáculo é uma verdadeira homenagem ao grupo  ABBA. Os maiores sucesso do grupo são executados com ótimas performances do elenco. Foi o primeiro espetáculo da Broadway que assisti e com certeza é o meu favorito. Mamma Mia! conta a história de Sophie, jovem prestes a se casar e que está a procura do seu verdadeiro pai para levá-la ao altar. Em cartaz no Winter Garden Theatre – 1634 Broadway.

mamma mia

  • The Book of Mormoon

Vencedor de nove estatuetas Tony em 2011, inclusive o de melhor musical do ano, o aclamado espetáculo conta através de uma sátira religiosa, a saga de dois jovens missionários que são enviados a Uganda para tentar converter os cidadãos à religião Mórmon. Os fãs de South Park vão se identificar com os diálogos e músicas pois foram compostos pelo mesmo criados do desenho animado. Em cartaz no Eugene O’Neill Theatre – 230 West 49th Street.

o-the-book-of-mormon-london-facebook

Abaixo alguns musicais que ainda não assisti, mas estão na lista da próxima viagem:

  • Matilda

Baseado em um livro infantil, o musical conta a história de uma menina superdotada, porém menosprezada pelos seus pais. O musical britânico estreou em Março do ano passado em Nova Iorque e ja bateu recordes de bilheteria. Em cartaz no Shubert Theatre – 225 West 44th Street New York, NY.

  • Pinpin

O musical foi encenado na Broadway há 40 anos e voltou no ano passado com uma nova versão. A historia é sobre um príncipe que precisa fazer uma difícil escolha – ter uma vida feliz, mas “simples”, ou arriscar tudo por um momento de glória. Um musical muito aclamado pela critica, recebeu um Tony de melhor ator e melhor atriz. O musical “Pippin” é uma combinação de teatro e artes circenses. Em cartaz no Music Box Theatre – 239 West 45th Street New York, NY. 

  • Alladin

Mais um espetáculo baseado em historia da Disney que promete dar o que falar! Com estreia prevista para esse mês (Maio/14), o musical reunirá boa musica, elenco estrelado e alta performance. Em breve New Amsterdam Theatre – 214 West 42nd Street New York, NY.

Já comentei |AQUI| sobre a bilheteria da Tickets, na Times Square. Outra alternativa para compra de ingressos é o site Broadway.com. Nao é o site oficial, no entanto é confiável. Todos os espetáculos estão lá e quem compra no site tem a vantagem de pegar fila e apenas retirar o ingresso na bilheteria. Um site de revenda é o StubHub. Esses sites funcionam como um “cambista” e revendem ingressos de lotes. Normalmente, são atrativos pelos descontos. 

E aí, viajantes, tem algum musical que você adorou ou gostaria de assistir? Compartilhe conosco!

PS. Bon Voyage!

 

 

Roteiro Soho.NYC

DSC02995    O Soho é um bairro em Nova Iorque que reúne bons restaurantes, lojas, galerias de arte e museus. Situado no centro de Manhattan, entre o distrito financeiro e Midtown, o local é uma ótima alternativa a movimentada Quinta Avenida. A melhor forma de chegar ao bairro é de metro, havendo mais de quatro linhas que levam até os seus principais pontos. Uma dica que estão montando o roteiro de viagem: vão ao Soho durante a semana, pois o bairro é invadido aos finais de semana. Aquela “calma” que comentei no inicio do post não existirá aos sábados e domingos. Além disso, separe um dia para explorá-lo. Segue as minhas dicas para um day tour no Soho:

    A partir da estação mais próxima do seu hotel, pegue o metro e desça na estação Spring St (pegar saída para a Broadway St.). O seu dia vai começar de um forma bem tradicional no bairro, o mercado goumet Dean&Delucca. O local foi um dos primeiros empórios da cidade e reúne especiarias de todos os cantos do mundo. Sua padaria também é imperdível. O quadrilátero mais famoso o Soho é formado pelas ruas: Broadway, West Brodway, Prince e Spring.

Mapa soho

    Tome como ponto de partida a Canal Street e vá descendo a Broadway, você vai encontrar a Victoria Secrets, a Mango, Bose Store, Oakley, Timberland, Top Shop, Sephora, Forever 21, entre outras. Siga até a W Houston Street, depois vire a esquerda e entre na Mercer Street. Na Mercer Street é onde fica a Marc Jacobs, L’Occitane, Burton, UGG Australia, Nike, entre outras. Siga na Mercer Street até a Canal Street vire a direita e entre na Greene e assim vá percorrendo todo o bairro. Na Broadway também esta a famosa loja de departamentos Bloomingdales. Uma dica para quem curte roupas mais vintage é o brechó Whats Goes Around Comes Around (WGACA). Fica na West Broadway e tem roupas da própria marca.

Ps soho

    Após as compras, uma pausa para o almoço. Alguns clássicos como Balthazar, Mercer Kitchen, Barolo, ficam lotadas nesse horário e precisam de reserva. A minha dica é o DGBG restaurante do famoso chefe Daniel Boulud e com uma proposta mais casual. A poucas quadras da rua principal (Broadway) é uma ótima pedida. Indico por que fica a uma quadra da última parada: New Museum. O museu, mais alternativo, de arte contemporânea. O local fica aberto de quarta a domingo (clique aqui e acesse o site para maiores informações).

E ai, viajantes, gostaram do primeiro roteiro em Nova York? Em breve, coloco dicas de mais um bairro!

PS. Bon Voyage!

Miami com amigos

    Viagem de despedida de solteiro entrou de vez para o calendário oficial de compromissos pré casamento. Os destinos são bem variados e, muitas vezes, a escolha é tão complexa quanto o da lua de mel. Agora, se falarmos a realidades três destinos são os queridinhos para esse tipo de viagem: no exterior, Miami e Las Vegas e, no Brasil, Rio de Janeiro. Seja grupos femininos ou masculinos, as possibilidades nessas cidades são maiores e as atrações infinitas. Já compartilhei com vocês as minhas impressões da minha viagem de despedida, agora convidei um grande amigo para dividir conosco sua experiência. O Bruno acabou de voltar de uma viagem de quatro dias em Miami e as suas dicas estão super atualizadas!

    Dois novos restaurantes agitam a vida noturna de MIA. O recém-inaugurado Cavalli Club, do renomado estilista italiano, é uma ótima opção de jantar pré balada. Segundo o Bruno, “restaurante legal com um second floor e baladinha. O melhor dia é quarta feira e a reserva é imprescindível”. Outra boa opção nessa categoria é o Baoli. O local é o must go da temporada e segundo ele “ O ambiente lembra os charmosos restaurantes da Cote D’Azur. Perto das 23 horas o som aumenta e a balada começa”.

Baoli restaurante Cavalli bar    O badalado hotel SLS também entra na lista como um dos melhores hotéis para a viagem com amigos. Situado na Collins Av., coração de Miami Beach, o local é famoso pela agitação durante todo o dia. Os hóspedes aproveitam as famosas “Pool party” durante o dia e a dica para a noite é o restaurante Katsuya. Segundo ele, “o ambiente é bem gostoso para jantar e fazer um esquenta para própria balada do hotel – Hyde Beach”. A vida noturna é bem variada em MIA e além dos tradicionais clubs LIV e Mynt, o Bruno, que também é DJ, recomenda o Story e Adore. São baladas novas e tem sempre bons djs tocando.

   Uma dica essencial do Bruno ao grupo de noivos (as) e amigos é ter o contato de algum promoter na cidade. Normalmente fica mais difícil fazer reservas para grupos grandes, neste caso entra a função do promoter. O Bruno indica o Beto Biscaia, segundo ele “O Beto faz assessoria completa aos que procuram diversão em Miami”. Quem se interessar o contato do Beto é (+1 864890717) e tem o instagram tbm @betobiscaia.

PS. Bon Voyage!

Dicas de hotéis em Nova Iorque

    Quem planeja visitar NY normalmente se depara com um dilema: onde se hospedar? Em Manhattan, são mais de 260 hotéis disponíveis e a média da diária é de US$ 200,00. Esse valor eleva a ilha ao posto de tarifa mais alta dos Estados unidos e encontrar uma boa relação na equação: localização x custo x benefício é um verdadeiro desafio. Recentemente o site New York Hotels realizou uma pesquisa, com hotéis de médio porte e acima de três estrelas, para identificar os melhores bairros para se hospedar. As zonas como Times Square e Midtown possuem a maior quantidade de hotéis e estão mais próximas das principais atrações. Algo que me chamou atenção foi o distrito Upper East Side, ao lado do Central Park, com o valor da tarifa mais baixo e mesmo assim uma excelente opção de hospedagem. Porém, acredito que esse valor despencou na pesquisa por conta do Hostelling International (maior albergue de nova Iorque e muito bem recomendado) localizado na região.

DSC02863

    Comentei no post anterior que já visitei a cidade algumas vezes e com isso, fiquei em diferentes hotéis. A minha seleção é bem variada, no entanto sempre priorizo boa localização. Escolher um hotel próximo de uma estação de metro é fundamental e facilita muito o deslocamento na ilha. Além disso, algumas dicas para gastar menos é se organizar com no mínimo três meses de antecedência e procurar fugir das datas comemorativas: labor Day, Saint Patrick, Memorial Day, entre outros. Abaixo, a minha avaliação de hotéis que já fiquei hospedada:

  • Best Western President

best western

Localização: Na região de teatros e próximo a Times Square

Valor médio da diária: US$ 200,00

Avaliação: O hotel estilo boutique com decoração moderna. Como a maioria dos hotéis, nesse porte, o quarto é pequeno. O bar do hotel é movimentado todas as noites e parada obrigatória após algum teatro. O serviço de concierge agrada e o atendimento dos funcionários é bem cordial. Quem se hospeda no local está a poucos passos da bilheteria Tickets e uma variedade de restaurantes.

  • Intercontinetal – Times Square

intercontinental

Localização: Próximo ao central park e quinta avenida

Valor médio da diária: US$ 250,00

Avaliação: Já me hospedei em outros hotéis da rede e sempre me agrada pelo atendimento e conforto. O hotel possui uma estrutura moderna, com quartos espaços e ótimas instalações. O café da manha é o ponto alto e o wifii é pago separadamente.

  •  The Setai

Localização: Próximo a Biblioteca e Grand Central

Valor médio da diária: Acima de US$ 300,00

Avaliação: O luxuoso hotel faz parte do seleto grupo Leading hotels. Localizado na Quinta Avenida o local surpreende pelo bom atendimento e conforto. A decoração dos quartos é moderna e de bom gosto, o banheiro é bem adaptado (roll-in shower) e os itens de banho são da L’Occitane. O bar do hotel é bem movimentado e em noites alternadas há show de jazz.

Abaixo listo alguns hotéis que não fiquei hospedada, mas recebi ótimas indicações de amigos:

    Antes de reservar seu hotel, não deixe de olhar as críticas em sites como o Trip Advisor e no próprio Booking. Muitos hotéis em Nova Iorque são bem antigos e estão passando por reformas, algo que pode atrapalhar sua viagem. Confirme todas as suas necessidades antes de reservar.

PS. Bon Voyage!

 

TOP 10 atrações – NYC

    “When you live New York you ain´t going anywhere” (Quando você deixa Nova Iorque você não vai a nenhum lugar). Essa frase, de um autor desconhecido, representa a paixão despertada por todos que conhecem a cidade. Nova Iorque é completa, com muitas coisas para ver e fazer e, impossível de se realizar em uma única viagem. Sempre que a visito, tenho em mente conhecer lugares desconhecidos, esses descobertos através de dicas de amigos, moradores e até de taxistas. Porém, há algumas atrações que não deixo de visitar como: Metropolitan Museum, Highline, Central Park, Eataly, Chelsea Market.

Abaixo, listo algumas dicas de passeios e atrações que considero interessantes:

  • Roosevelt Island tramway

Esse “bondinho” conecta Manhattan à ilha de Roosevelt. A emoção do passeio está na travessia, por cima do rio Hudson, devido à belíssima vista. O percurso demora, no máximo, dez minutos e o passageiro tem a opção de descer para conhecer a ilha. A estação fica a poucos passos da loja de departamentos Bloomingdales e o pagamento pode ser feito com o Oyster Card, cartão do metro.

Mapa bondinho

IMG_3069

  • Apresentação Woody Allen – The Eddy Davis New Orleans Jazz Band

Toda segunda feira, às 20h45min, a banda de jazz The Eddy Davis New Orleans se apresenta no icônico hotel Carlyle. Até então, a noticia não é tão bombástica a não ser pelo fato que o trompetista do grupo é o famoso diretor Woody Allen. A temporada de 2014 teve inicio em Janeiro e a última apresentação ocorre em 16 de Junho. O valor da entrada não é muito amigo, USD 145,00 por pessoa, mas vale a experiência. (SITE OFICIAL)

  • Musical Broadway: The Book of Mormon (Eugene O’Neill Theatre)

Consegui ir neste espetáculo somente em Londres, pois quando fui comprar, em Nova Iorque, os ingressos já estavam esgotados há muito tempo. Vencedor de diversos Tony´s, o teatro supera todas as expectativas por seu humor irônico e afiado. A temporada encerra em Novembro de 2014.

  • Rooftop – The Gansevoort 

Ótimo programa para final de tarde ou também para os maridos que aguardam (calmamente) as esposas nas compras do Meatpacking. A variedade de rooftop em Nova Iorque é reconhecida mundo afora e o meu favorito é do hotel The Gansevoort. O happy hour começa por volta das 17hs e a vista do por do sol é espetacular.

  • Chelsea Market – Creperie Suzette

O Chelsea Market está na minha lista de lugares que sempre visito em Nova Iorque. O prédio era a antiga fábrica de bolachas Oreo e foi inteiro revitalizado, preservando sua arquitetura original. Hoje é um dos lugares mais “cool” de Manhattan, lá você encontra de tudo: o famoso restaurante chinês Buddakan e o japonês Morimoto, a Antropologie e a loja de acessórios para cozinha.

foto

  • Brooklyn Bridge

Passear pela a Brooklyn está entre as atrações mais conhecidas do Financial District. Porém, esse passeio ficou mais completo de uns tempos para cá e visitar o Brooklyn Bridge Park virou parada obrigatória. O parque possui uma das melhores vistas de Manhattan e muito concorrido aos finais de semana.

  • Governador´s Island

A Governor’s Island é uma pequena ilha localizada ao extremo sul de Manhattan que abre aos visitantes apenas durante o verão e início do outono às sextas, sábados e domingos. A melhor forma de chegar à ilha é de Ferry, na estação Battery Maritime Building (ao lado do Battery Park) e demora pouco mais de 20 minutos. Uma das melhores formas para explorá-la é de bicicleta, pois não é permitido o uso de veiculo nas redondezas. O que vale visitar é a casa do governador, as apresentações de rua e uma feirinha de antiguidades. Após o passeio, minha dica é continuar pelo Brooklyn. Há um ferry que conecta a ilha ao Pier 6.

  • Central Park

Uma das atrações mais aguardadas, durante o verão, em Nova Iorque é o “Shakespeare in the Park”. O palco das apresentações é o Delacorte, celebre teatro público ao ar livre no Central Park. Neste ano, o musical “Much Ado About Nothing” comecará a ser exibido a partir do dia 03 de Junho até 06 de Julho. Os ingressos são gratuitos e distribuídos, dois por pessoa, no teatro no dia do show. Uma alternativa, para adquirir os ingressos de forma online é através do site www. Shakespeareinthepark.org. Porém, a inscrição não é garantia, pois é realizado um sorteio virtual.DSC01664

PS. Bon Voyage!