Lago Di Garda – Inclua já em seu roteiro!

_DSC0214    Localizado ao norte da Itália, entre as principais cidades daquela região, Milão e Veneza, o vilarejo de Lago di Garda é uma joia escondida. Regado por muitas belezas naturais, seu pano de fundo é composto por Alpes e belos vilarejos. Mesmo com o título de maior lago do país, o local é reservado e os ares de cidade do interior são preservados. Foi nesse local a primeira parada da minha viagem, precisamente em Gargnano (um dos seus principais vilarejos). Muitas vezes escolho o meu próximo destino baseado no hotel que quero conhecer, vocês também são assim? Nesse caso, o Lefay Resort & Spa foi o motivo que me levou ao Lago di Garda. O hotel, localizado no topo da principal montanha da região, é digno de fundo de tela. O lugar oferece uma estrutura para dias de descanso, com profissionais atenciosos e quartos espaçosos. A regra por lá é não sair do resort e aproveitar todas as amenidades: spa, piscinas e academia. No entanto, fica divicil, pois a região é muito convidativa para quebrar essa regra.

_DSC0133 _DSC0163 _DSC0222

    O lago é bastante extenso, aproximadamente 50km de comprimento e oferece atrações variadas. Para explorá-lo, não há um percurso pré definido. Comentei no post anterior (AQUI) que fiz diversos pontos dessa viagem de carro e aconselho todos que forem ao Lago di Garda fazer o mesmo. No entanto, aos que não gostam de viajar de carro, uma alternativa é o trem. A cidade de Peschiera del Garda possui a principal estação e conecta a grandes cidades. O trajeto pode ser adquirido pela Rail Europe, representante oficial dos trens italianos no brasil.

G0633916

    Abaixo comento sobre algumas cidades que conheci ao redor do lago e recomendo a visita:

Limone Sul Garda

_DSC0184

    Fica ao lado leste do lado. É um pequeno vilarejo com belos jardins e centro bem charmoso. Não é permitido o uso de carro em seu interior e logo na entrada há um estacionamento para os motorizados. O “limone”, fruta que dá nome a cidade, esta por toda a parte. Muitas lojas de artesanato e feiras compõem o comércio local. Para o almoço, indico conhecer o restaurante Al Vecchio Fontec, especializado em frutos do mar. A partir de Limone é possível atravessar o lago e ir a cidade de Malcesine. O trajeto demora apenas 20 minutos e custa EUR 5,00 por pessoa. Uma das principais atrações no vilarejo é o Monte Baldo. O principal pico da região pode ser visitado através de um teleférico e a vista é ainda mais exuberante.

_DSC0180 _DSC0198

Riva del Garda

    Esta localizada ao norte do lago e é uma espécie de capital. Seu comércio é mais robusto e nota-se a presença de residentes. A cidade é muito bem cuidada, com pequenos jardins floridos e monumentos restaurados. Seu centro é compacto e facilmente explorado a pé. O local é repleto de restaurantes e um dos principais é o Ristorante Pizzeria Maffei.

 Sirmione

_DSC0269

    Fica ao sul do lago. Localizado em uma península, o vilarejo é um dos mais movimentados da região. O centro antigo fica dentro das muralhas do Castello Scaligero, seu principal cartão postal. O local é um dos mais preservados da Itália e permite visitar seu interior. Para ter uma vista panorâmica da cidade, vale subir em seu topo e o ingresso custa EUR 8,00 por pessoa. O centro histórico é repleto de vielinhas charmosas, com restaurantes, lojinhas e bares. Para o almoço, indico o restaurante La Rucula, especializado em culinária contemporânea. Outra sugestão são os restaurantes com vista para o lago.

_DSC0246

Outras cidades que recomendo a visita são Lazise e Desenzano del Garda. Ambas ficam ao sul do lago e possuem vilarejos charmosos.

E aí, viajantes, gostaram do post sobre o lago di garda? No próximo, comento sobre outras cidades italianas: Verona e Veneza.

PS. Bon Voyage!

14 comentários

  1. marcio em Responder

    Este lago mais parece um oceano… coisa mais linda!! na minha prox visita a Itália quero ao menos 5 dias neste paraíso.
    parabéns pelo site!! digno de barra de favoritos :D

    1. Priscila em Responder

      Márcio,

      Faça isso, tenho certeza que você não vai se arrepender!! Muito obrigada pelo recado, volte sempre no blog :)

  2. Mayara em Responder

    Adoro todas as sUas diCas e Vou usa-las na minha PRÓXIMA viagem…Seu blog é realmente excelente! AbraÇo

  3. Priscila em Responder

    Olá, estarei em verona em outubro e tenho 03 dias que gostaria de relaxar e curtir uma beleza natural. me indicaram cinque terre, mas estou com bastante dúvida sobre o tempo e os hotéis já estão escassos. o lago di garda poderia ser uma opção… eu poderia ir de trem? e onde tu me indicaria ficar? poderia fazer os passeios apenas de trem? desde já agradeço

    1. Priscila em Responder

      Ola Priscila, tudo bem? Como Outubro já começa a esfriar um pouquinho, minha sugestão é você pegar um trem para o Lago di Garda. De Verona para Desenzano del Garda são apenas 20min de viagem e você pode comprar os tickets online pelo próprio site da Trenitalia (cia de trem). Para conhecer os vilarejos ao redor do lago minha sugestão é você alugar um carro (na própria estação) ou pegar o circular que faz varias paradas, não tem trem q opera esse trajeto. Ficamos no Lefay Resort,em Gargnano, mas são inúmeros hotéis charmosos e com uma ótima estrutura. Dá uma olhada no Du Lac Et Du Parc Grand Resort, em Riva Del Garda, Bella Riva em Gordone ou Bellebue San Lorenzo em Malcesine. Ótima viagem! Beijos

  4. ANdré em Responder

    olá priscila, tudo bem ?! parabéns pelo blog, muito bom!
    Pretendo ir para essa região agora em agosto, a partir de barcelona! O que sugere, ir até milão e de lá pegar um trem até Gargnano ? Recomenda ficar nessa cidade mesmo ? e a partir dessa visitar ou outros vilarejos ?
    um abraço, obrigado!

    1. Priscila em Responder

      Olá Andre, tudo bem? Obrigada :) Fico feliz em saber que curte o PS!
      Acho que vale a pena você fazer o trajeto Barcelona – Milão se pretende ficar pelo menos duas noites na cidade italiana para conhecer! Caso não, uma sugestão é você descer no aeroporto de Bergamo (cidade que fica a uns 40min de Milão e mais perto do Lago di Garda) e de lá pegar um trem até Peschiera del Garda, vilarejo com a principal estação de trem. Com relação a hospedagem, fiquei em Gargnano por conta do hotel, mas quase não fui no vilarejo porque aproveitava para visitar as outras cidades. Caso não queira ficar no Lefay, uma dica é se hospedar em Malcesine! A cidade tem boas opções de hotéis e fica bem no centro do lago, sendo mais facil visitar Limone sul Garda, Riva del Garda e Sirmione. Por lá tem um teleférico para o monte Baldo que tem um vista panorâmica incrível da região. ótima viagem para você!

  5. Barbara saldanha em Responder

    oi priscila, tudo bem? entao tenho uma viagem pra europa agora em dezembro, mas especificamente a partir do dia 28 de dezembro vou fazer as cidades da italia ( verona, veneza, toscana, roma), voce acha que seria uma boa uma parada no lago di garda? sera que encaixaria no roteiro? estamos pensando em fazer de carro esse roteiro, adoraria sugestoes sua. obrigada :D

    1. Priscila em Responder

      Olá Barbara, tudo bem? Que delícia o seu roteiro, adoro a Itália!! Infelizmente acho que não vale a pena porque a graça dos lagos italianos é durante o verão quando todos os restaurantes/hotéis estão abertos. Em Dezembro, você encontrará muitos lugares fechados e com chance de chuva. Um lugar que indico no inverno italiano é Cortina d’ampezzo, com paisagens lindas a apenas 2hs de Veneza. ótima viagem!

  6. Barbara saldanha em Responder

    Oi priscila, adorei sua dica, voce tem alguma dica de hotel em cortina dámpezzo? e entre la e liguria no inverno o que voce acha? to muito em duvida, ficaria muito agradecida se voce pudesse me ajudar.
    beijos

    1. Priscila em Responder

      Barbara, tudo bem? A cidade de Cortina d Ampezzo é repleta de bons hotéis e tem para todos os bolsos! Um hotel que vale a pena você olhar é o Franceschi Park Hotel, bem centralizado e com um ótimo café da manhã ou o Cristallo Hotel Spa que é considerado um dos melhores da região, mas um pouco mais caro que os demais! Acredito que a região da Liguria não é uma boa pedida em Dezembro porque costuma chover bastante e os dias serão muito gelados. Beijos

  7. JUlia em Responder

    Priscila, preciso de uma dica. Eu e meu marido vamos fazer o norte da italia partindo de veneza até roma (fim de setembro / outubro). Temos 2 noites ‘sobrando’ e pensamos em passar no sul do lago di garda antes de partir para cinque terre. o que você acha de sair cedo de veneza, passar por verona (deixar as malas no guarda volume), fim de tarde seguir para Peschiera Del Garda, sirmione ou desenzano del garda para passar 2 noites? Estou com dúvida em qual cidade é melhor para se hospedar no lago, se vale a pena a parada em verona ou outra sugestão sua ;) Obrigada!

    1. Priscila em Responder

      Olá Julia, tudo bem? Acho que vale a pena visitar o Lago di Garda em Outubro, mas vale o alerta: talvez você pegue dias com muita chuva! Infelizmente essa é a epoca mais chuvosa, mas vale a arriscar! A viagem de Veneza até Verona é bem tranquila, vale sair cedo, deixar as malas em algum guarda-volume, almoçar na cidade (tem uns restaurantes muito legais!) e depois seguir para o Lago di Garda. Alguns lugares com ótima opção de hotéis são Sirmione ou Malcesine, nessas duas bases vocês conseguirão aproveitar bem a região e ficar bem hospedados! Uma ótima viagem ;)

Deixe um comentário