Um giro pela Suiça

_DSC2200   A Suiça é um daqueles destinos que agrega valor a qualquer roteiro de viagem. Digo isso porque o país oferece um pacote incrível de benefícios ao viajante: programação durante o verão e inverno, ótima rede hoteleira, bons restaurantes, paisagens de tirar o fôlego, entre outros. Além desses predicados, o local é um coringa no programação de uma viagem pela Europa. Seu território faz fronteira com importantes países: Itália, França e Alemanha e todas as regiões são facilmente conectadas de trem, afinal o país possui um título de peso: a maior linha ferroviária do continente velho.

    Tive a oportunidade de visitar a Suiça na minha ultima viagem (todos os detalhes aqui) e a minha base escolhida foi Lucerna. A opção não poderia ter sido melhor, a cidade é uma síntese de tudo que há no país: lagos, montanhas, pontos históricos e vistas deslumbrantes. A “old city” é o coração do vilarejo e reúne as principais atrações, dentre elas a Ponte da Capela – Kappelbrücke que foi construída no século XIV. A bela ponte conta com flores por toda a sua extensão e, no seu interior, existem várias pinturas do século XVII, ilustrando fatos históricos marcantes da Suíça. O local é marcado por inúmeros acontecimentos e uma ótima forma de explorar a compacta cidade é pelo  “City  train Tour” – um trem estilizado conduzido por um simpático senhor. Outra atração que vale muito a pena é o passeio de barco pelo lago Lucerna. Durante uma hora, um moderno catamarã caminha pela tranquilas águas do lago e faz um belo contraste entre a vegetação das encostas e as montanhas ao fundo. É um passeio de tirar o fôlego, como tudo na Suíça, e   passa por dois charmosos vilarejos {Vitznau e Weggis}.

_DSC2130

    Devido a sua privilegiada localização geográfica, Lucerna fica a poucos quilômetros de importantes cidades do lado alemão: Zurique {45min}, Berna {1hs}, Interlaken {2hs}, Lausanne {2hs}, Lugano {2h30min}, Zermatt {3hs} e St. Moritz {4hs}. A melhor forma de explorá-las é de trem e todos partem da principal estação de Lucerna: SBB Lucern Station. Alugar carro no país pode ser uma pequena dor de cabeça no roteiro, afinal o Swiss Pass {uma espécie de “bilhete único” que permite percorrer mais de 20 mil km em rotas de trem, ônibus e barcos, entrar gratuitamente em mais de 450 museus e oferece descontos nos passeios de teleféricos} oferece inúmeros benefícios. A bordo do ticket o viajante pode explorar um das diversas rotas cênicas, trajetos que cruzam todo o território e desvendam algumas das mais belas paisagens do país:

_DSC2215

  • Glacier Express {duração: 8horas}

A rota mais procurada, leva os viajantes de Zermatt à badalada St. Moritz (passando por Davos). Os vagões tem janelas panorâmicas e parte do teto envidraçado.

  • Golden Pass Line {duração: 5horas}

Rota que liga as cidades de Montreaux a Lucerna. O trajeto vai da “Riviera Suíça” ao coração do lado alemão.

_DSC2141

  • Wihelm Tell Express {duração: 5horas}

Essa rota liga as cidades de Lucerna a Lugano. O trajeto cruza os Alpes de norte ao Sul e combina o passeio com uma travessia de barco. Com Swiss Pass, o viajante paga 39 francos suíços no vagão panorâmico standard (com direito a almoço)

  • Palm Express {duração: 3h30min}

Outra rota que leva a Lugano (cidade encantadora no lado italiano) a partir de St.Moritz.

  • Pre Alpine Express {duração: 2h15min}

Essa rota conecta Lucerna a St. Gallen, região encantadora no lado norte do país.

_DSC2241

  • RegioExpress Lötschberger {duração: 2h15min}

Uma das rotas mais antigas, liga as cidades de Berna e Brig {lado alemão}

    A Suíça reúne um incontável número de atrações. Recomendo no mínimo cinco dias  no país, pois desta forma é possível montar um roteiro que permitirá conhecer um pouco das muitas suíças (italiana, francesa e alemã) incluindo Zurique (a maior cidade do país), Berna (a capital) e outros lugarejos inesquecíveis, que certamente vão deixar aquele gostinho de “preciso voltar”. No próximo post, comento sobre o meu roteiro e os lugares imperdíveis.

PS. Bon Voyage!

7 comentários

  1. Ana paula em Responder

    OLÁ priscila tudo bem? acompanho seu blog e ja segui suas dicas de viagem como em veneza e foram maravilhosas! Muita obrigada! Agora vou Passar minha lua de mel na suiça, porem estou em APUROS, pois Ainda nao consegui plAnejar meu roteiRo! Vamos no final de outubro e goSTaria de algumas dicas, se POSSÍVEL. Temos algumas cIdades em mente como genebra, lucerna, berna e zurique e estAmos sem referencias de Hospedagem e O melhor local de chegada e saida. vc indicaria passar em mais alguma ciDade PRÓXIMA Ou chegar por outro pais? O período da viagem é de 10 dias! Muito obrigada
    Beijos

    1. Priscila em Responder

      Olá Ana Paula, tudo bem? Fico feliz em saber que aproveitou as dicas de Veneza!! Sempre indico a chegada/partida pelos principais aeroportos do país visitado, pois é uma forma de economizar na passagem. Muitas vezes optamos em chegar por uma cidade menor (com aeroporto menor) e ai de qualquer forma vai ter que fazer uma conexão no aeroporto maior, entende? No seu caso, em 10 dias de viagem, minha sugestão é você começar a viagem por Zurique e terminar em Genebra, assim é possível explorar vários pontos de norte a sul. Quando fui para a Suiça, cheguei em Zurique, mas fiquei hospedada em Lucerna e foi uma ótima pedida. A cidade é super charmosa e fica do lado de vários lugares interessantes (Monte Pilatus, Interlaken, Engelberg, Lauterbrunnen..). De lá é só pegar o trem e conhecer vários lugares! Uma outra parada legal é em Berna, a cidade é linda e fica proxima de Guyeres (vale muito a pena conhecer) e o lago Lausanne. Por fim, voltaria por Genebra – cidade que você pode ficar um dia para explorar o centro e pegar avião no dia seguinte! Se você for durante o inverno, inclua uma visita a alguma estação de esqui! Beijos

      1. Ana paula em Responder

        muito obrigada pela atenção e pelAs dicas, com ceRteza irei sEguir! Estou AcompanhAndo sua viagem pela suiça agora e estou de oLho na diCas.
        Muito obrigada e continue com esse trabalho maraviLhoso!
        BEijos

  2. Gaya em Responder

    Oi Priscila! Parabéns pelo seu blog! Sempre consulto ele antes de viajar.rs
    Estou programando uma viagem para suíça agora em junho e estou um pouco em dúvida do roteiro… penso em Lucerna, berna, interlaken e zurique. quantos dias vcs indicaria em cada cidade? e teria mais alguma parada q vc indicaria incluir? vi que vc escolheu Lucerna como base. mas vc ia e voltava ou dormiu em outras cidades tb? Obrigada!

    1. Priscila em Responder

      Olá Gaya, tudo bem? Que delícia que está programando uma viagem a Suíça, um país fantástico e muito bem abastecido de transporte público! Você não comentou o total de dias da sua viagem, mas a minha sugestão é a seguinte: ppte em montar a sua base em Lucerna ou Zurique, não faz sentido ficar em uma e depois na outra cidade pq são muito próximas e provavelmente você irá visitar os mesmos lugares a partir delas. Já fiquei hospedada nas duas cidades e, se for para escolher alguma, minha sugestão é Lucerna! A cidade é linda, charmosa, muito bem localizada e com ótimos restaurantes. Vale ficar cinco noites lá e deixar um dia para conhecer a cidade e fazer o passeio de barco no lago de Lucerna, os outros dias você pode dividir entre Engelberg, Stans (subir no Cabrio) e Zurique. Outra base que vale a pena fazer na Suiça é Berna e separar pelo menos 4 noites. A cidade fica muito próxima de Interlaken e você pode visitar de trem. Um dia você pode fazer o passeio até o Jungfrau (topo do mundo), conhecer o lago Blausee (um dos mais bonitos da Suiça) e outro dia ir até Gruyere (cidade linda!!). Se sobrar tempo no seu roteiro, uma sugestão é ficar pelo menos duas noites em Zermatt para conhecer uma típica estação de esqui na Suiça que esta com pouca neve por conta do início do verão! Vale ir para o lugar a partir de Lucerna ou Zurique de trem e pegar um trecho do Glacier Express. Espero ter ajudado e qualquer dúvida é só falar!

  3. Gaya em Responder

    OI Priscila! Muito obrigada pelas dicas! ajudou muito!!! já estou me imaginando lá! rs
    Beijos

  4. GAYA em Responder

    OI PRISCILA, EU DE NOVO! RS INCLUÍ ZERMATT NO ROTEIRO. ESTOU AQUI MONTANDO OS DIAS… QUERIA INCLUIR O MONTE TITLIS, O CIRCUITO RIGI, JUNGFRAUBAHN/TOP OF EUROPE E GLACIER PARADISE. VC ACHA QUE FICA MUITO REPETITIVO? E TB NAO SEI SE DArá tempo para os 4… qual vc excluiria?

Deixe um comentário