#familytrip – Espanha – Parte 1

    Já comentei aqui no blog que todo final do ano faço uma viagem com a minha família. Essa é a única época em que todos podem viajar e acabou virando a tradicional #familytrip. Logo após a ceia do natal, no dia 25/12, vamos em peso para o aeroporto a caminho do nosso próximo destino. Como viajamos em um grupo grande, um planejamento antecipado é fundamental e em meados de agosto começamos a organizar o novo roteiro. Esse ano, após descartar algumas opções no Caribe e América do Norte (devido ao alto preço do dólar), optamos pela Espanha. Para quem não sabe, o país possui o clima mais agradável durante o inverno europeu, com lugares isolados de neve e temperaturas média de 20 graus. Além disso, os meses de dezembro e janeiro são considerados baixa temporada, ou seja, sinônimo de economia nas passagens, atrações e hotéis. Abaixo compartilho detalhes do meu roteiro:

_DSC3240

Roteiro_Espanha_imagem

Seguindo o modelo que utilizei em minhas ultimas viagens à Europa, fizemos um roteiro circular que foi parcialmente explorado de carro, deixando o avião e trem apenas para conexão entre as cidades. As nossas bases foram dividas em quatro lugares – Madrid, Sevilha, Granada e Barcelona, e dormimos três noites em cada uma delas. Dessa forma, a programação ficou mais “leve”, sem aquela loucura de troca de hotéis e atendeu o “timing” de cada local.

_DSC2866

    A Espanha está muita avançada no quesito transportes. Dona de uma das maiores malhas ferroviárias da Europa, o país também não deixa a desejar quando o assunto é velocidade – seus trens além de modernos, são ultra rápidos. A RENFE é a operadora local e possui mais de quinze linhas na rede de alta velocidade <AVE>. No entanto, comprar os bilhetes diretamente pelo site pode gerar uma grande dor de cabeça no planejamento, pois eles não aceitam cartões de bancos estrangeiros (Salvo, banco Santander). Uma alternativa é o site da Raileurope, operadora oficial no Brasil e detentora dos tickets das principais companhias de trem (Atualizado em 01/12/15: a site oficial da Renfe aceita pagamentos via Paypal.)

_DSC2935 _DSC3747

    O primeiro destino explorado no sul da Espanha foi Sevilha. Entre arte, tapas e flamenco, deparamos com um cidade linda e acolhedora. O período de três noites foi essencial para visitar os principais pontos e realizar alguns bate-voltas. O carro só foi alugado em nosso terceiro dia para explorar a região dos Pueblos Blancos . A rota encheu os olhos de todos e a cada vilarejo visitado uma nova descoberta. Seguimos a rota até a cidade de Granada, última sob possessão árabe na Espanha. O vilarejo possui em seu interior o monumento mais visitado da Espanha – palácio de Alhambra. Além disso, colado em seu centro esta a montanha de Sierra Nevada, uma ótima atração no inverno. As principais cidades espanholas ficaram para o final do roteiro. As belas Barcelona e Madrid concentram inúmeras atividades e deixar tudo programado do Brasil foi essencial para um melhor aproveitamento.

_DSC2970 _DSC3056

  • Hotéis:

Por conta da baixa temporada, muitos hotéis estavam com tarifas promocionais – em media 30% abaixo do praticado. As reservas foram feitas através do site booking com quatro meses de antecedência.

    Ficamos hospedados bem no centro de Sevilha, ao lado do rio Guadalquivir. O bairro boêmio concentra inúmeros bares e restaurantes e ao lado das principais atracões. O Melia foi o melhor hotel da viagem, atendimento impecável, quartos espaçosos e um excelente café da manhã. Confesso que deu saudades nos outros dias!

    A rede Vincci Hotels possui unidades em praticamente todo território espanhol. Seguindo a linha de hotel boutique, com quartos pequenos e café da manhã enxuto, agradou pela localização.

Da mesma rede de hotéis do Vincci Albayzin, o hotel fica a poucos passos da famosa Passeig di Gracia. Boa localização é fundamental em Barcelona e neste ponto agradou.

   Esse hotel desagradou desde o momento do check in com uma equipe despreparada e pouco organizada. Os quartos pequenos e a conexão baixa do wi-fii completou o pacote de não aprovação. A bela Madrid merece uma melhor hospedagem!

_DSC3791 G0155564

E ai, viajantes, gostaram das primeiras dicas da Espanha? No proximo post, comento sobre Sevilha e seus encantos.

PS. Bon Voyage!

3 comentários

  1. GIULIA ELMARANTE em Responder

    pS, incrivelmente leve e gostosa a sua forma de expressar viagens.
    Acabo de mostras a meus pais nosso destino para este fim de ano. hihihihih
    Sucesso!!!!

  2. priscila, sigo lendo seus posts da espanha e me inspirando! Precisei retirar sevilha do meu roteiro e fiquei com o coração apertado.. vai ficar para uma próxima!
    Li q vc falou da dificuldade em comprar no site da renfe. esse fim-de-semana comprei minhas passagens de trem sem problema algum utilizando o paypal. já tinha lido muitas resenhas de viajantes reclamando e para mim essa foi a melhor opção, pois não precisava pagar as taxas extras cobradas pela raileurope e ainda garanti uma tarifa web :P
    nesse post conto melhor.. http://fuigosteicontei.com.br/#post/6297647974240608880
    Beijos!

    1. Priscila em Responder

      Carla, obrigada pelo comentário! Adorei a alternativa com o paypal e já vou colocar essa atualização no post :) Bjss

Deixe um comentário