Vilarejos imperdíveis na Itália

    Fazer uma viagem de carro pela Itália pode ser uma das maneiras mais prazerosas de explorar o país. Se em alguns lugares na Europa, o trem ou avião são uma ótima alternativa para ganhar tempo no roteiro, na Itália isso pode ser diferente. Digamos que a sua malha ferroviária não é um modelo de transporte público bem sucedido, mas o principal motivo é a quantidade de vilarejos e pequenas cidades que podem ser somados ao trajeto de carro. Vale ter em mente que lugares como Milão, Florença, Siena, Nápoles ou Roma são ótimos pontos de partida para uma “road trip”. Sendo assim, alugar o carro ao sair da primeira e entrega ao chegar à última base, evita pagar diárias em cidades onde o carro vai estar parado na garagem.

    Saiba que ponto mais difícil desse roteiro é escolher o que visitar! Para ajudar com essa missão, selecionamos alguns lugares imperdíveis no país.

  • Lucca

    Essa cidadela localizada ao norte da Itália é uma joia da Toscana. Totalmente murada, a cidade tem como principal atrativo a Piazza Anfiteatro e Torre Guinigi, mirante com vista para as montanhas dos Alpes Apuanos. Para explorar o lugar de uma forma inusitada, é recomendado o tour de bike. Diversas empresas locais oferecem o serviço e vale fazer um passeio ao redor das muralhas ou pela Toscana.

  • San Quirico d’Orcia

Italia 1    Viajar pelas estradas da Toscana é a primeira “road trip” que vem em mente na Itália. São tantos vilarejos, cantos e encantos que fica difícil pensar em outro roteiro. De fato, a região brinda o visitante com lugares mágicos, entre eles San Quirico d’Orcia – uma pequena cidade com ares medievais colada em Montalcino.

  • Região dos Lagos

_DSC2364

    Essa região, localizada ao norte da Itália, concentra os lagos mais bonitos do país. Durante o verão, o lago di garda, Como e d’Iseo são paradas obrigatórias. A viagem faz todo sentido a partir de Milão e são milhares de cidadelas no meio do caminho para enfeitar esse roteiro. 

  • Odle Mountain, Dolomites

Italia 2    Na fronteira com a Austria está os Alpes Dolomitícos, região montanhosa na Itália. Indicado para quem busca neve, trilhas e belos lagos, esse lugar fica a poucos quilômetros de Veneza. Durante o inverno, a principal atração são as estações de esqui Mietres, Cristallo, Faloria e o visual único de Cortina d’Ampezzo.

  • Sorrento, Costa Almalfitana

Italia 3    Uma região que não pode faltar na lista de destinos imperdíveis é a Costa Amalfitana. Localizada no estado da Campania, tem como principais pontos de conexão: Nápoles, Sorrento e Salerno. Uma coisa é fato, em qualquer lugar o visitante encontrará praias com águas cristalinas, vilarejos coloridos e ótimos restaurantes.

  • Lipari – Sicilia

favignana-sicily-cala-rossa-1920x1200

    Se a Sicília é um programa à parte dentro da Itália, as ilhas Eólicas são uma ótima pedida na região. Com casinhas brancas, rochedos a pique sobre o mar, praias de águas muito transparentes e estradinhas que levam a belvederes com vistas espetaculares, lembram em muitos aspectos as ilhas gregas. Lipari é a maior ilha e possui um cenário repleto de historia e belas paisagens. Uma das melhores maneiras de conhecer a cidade é fazer um tour de carro ou de barco em torno da ilha. Em San Calogero, onde há fontes termais, você poderá tomar um banho de lama com propriedades terapêuticas descobertas há muito tempo pelos romanos.

  • Vernazza (Cinque terre)

Vernazza-Cinque-Terre-Italy-Wallpaper

    Localizado a cem quilômetros de Genova, entre Levanto e La Spezia, está um dos tesouros da Itália – Cinque Terre. Monterosso, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore são os cinco povoados, todos destinos românticos por excelência, que formam a região. Abastecidos por uma grande variedade de hotéis, restaurantes e bares; os vilarejos são interligados por 12 quilômetros de trilhas ecológicas que podem ser percorridas a pé (o trecho mais difícil é Monterosso-Vernazza). Uma recomendação ao viajante é que os carros são proibidos no interior das cidades.

  • Costa Esmeralda, Sardenha

    O nome já diz tudo: paisagens paradisíacas na Itália. Um dos destinos mais procurados do país, a Sardenha é a maior ilha do mediterrâneo e rodeada por praias magníficas. A Costa Esmeralda é o local mais sofisticado da ilha e a porta de entrada para se chegar até lá é Olbia. Esta região autónoma é composta por oito províncias, a capital, Cagliari – localizada sul –, Sassari, Nuoro, Oristano, Olbia-Tempio, Ogliastra, Carbonia-Iglesias e Médio Campidano. Cada província tem algo especial para se conhecer e desfrutar!

  • Alberobello, Puglia

Alberobello cidadezinha Italia

    A região da Puglia, ao sul do país, é um verdadeiro paraíso durante o verão Europeu. Banhada pelo mar Adriático e Jônico, a região concentra praias de beleza única (Torre Dell’Orso) e vilarejos ultra charmosos como Alberobello, conhecida pelas suas características casas de pedra com telhado cônico – os chamados trullisBasilicata, tombada pelo patrimônio mundial da UNESCO. Na região também vale incluir lugares como: Pogliano al Mare, Ostuni, Santa Maria di Leuca e Porto Badisco.

  • Sant’Agata de’ Goti, Campania

Santagatadeigoti03

    Napoles é a capital da regiao da Campania, lugar conhecido por sua rica historia, cultura, arquitetura e gastronomia. Um pouco diferente das outras regiões, em seu interior é possível explorar uma rota de cidades medievais e lugares históricos. 

  • Veneza, Veneto

_DSC0364

    Não tem como falar de Italia e não citar sua cidade icônica – Veneza. Visitei a cidade recentemente e todas as dicas de roteiro e estão aqui.

    E ai, viajante, gostaram do post? Agora é escolher qual região visitar e bon voyage!

PS. Bon Voyage! 

6 comentários

  1. @thayse_cs em Responder

    Oi! adorei o post, merecia mais fotos!
    Em aBRIL embarco para itália e percorrerei o norte + toscana, infelizmente não deu para acomodar no roteiro a costa amalfitana, ficou pra próxima. obrigada pelas dicas!

  2. ester em Responder

    amei!!! Dessas ai eu fui para Cinque terre e foi o que mais gostei ate agora aqui na italia! adorei todas, e ja coloquei na minha lista de trips aqui na Italia. e amei esse post em especial, porque geralmente os blogs de viagem nao falam de cidades tao conhecidas aqui!! tudo que eu precisava haha

  3. Deborah em Responder

    Um exemplo pra mim por favor, voce acha que quantos dias Sao suficientes pra eu conhecer vernazza (cinque terre) e veneza, os dois lugares sao prÓximos? Obrigada

    1. Priscila em Responder

      Deborah, os dois lugares não ficam tão perto, aproximadamente 400km. Acho que você poderia separar três ou quatro noites para cada destino e um dia para o deslocamento. Entre as cidades fica Bolonha e Florença, você poderia dormir em uma das duas e no dia seguinte seguir viagem! Bjs

  4. em Responder

    Parabéns pelo site , adoro as dicas !!!! sigo no ig tb !!!
    Faremos uma viagem pela Itália agora em setembro e estou precisando de algumas dicas. são tantas coisas que queremos ver e serão 13 dias .
    Iremos de carro de Firenze para a toscana , onde ficaremos por 4 dias . Você poderia me ajudar com algumas dICAS IMPERDIVEIS ? RS.. adorei o post dos vilarejos imperdíveis , mas acho que para o tempo que temos não seria viável… pensamos em parar em uma vinícola ,GREVI IN CHIANTE – VINICOLA ANTINORI, CONHECE?
    ALÉM DISSO OUTRA DÚVIDA ESTA SENDO QUANTO A CAPRI , FICAREMOS 4 DIAS . DECIDIMOS INICIALEMTE NÃO FAZER COSTA AMALFITANA PARA PODER CURTIR UM POUCO ,ACHAMOS QUE A VIAGEM PODERIA FICAR MUITO CANSATIVA .. VC ACHA QUE VALE MAIS A PENA PEGAR UM DIA PRA CONHECER A COSTA OU FICAR EM CAPRI MESMO E CONHECER ANACAPRI ETC..?
    OBRIGADA

    1. Priscila em Responder

      Ola Fê, tudo bem?

      Obrigada pelo comentário :) Vamos organizar o roteiro por partes: acho que o tempo na Toscana esta bom, minha sugestão é você se hospedar em Lucca que é uma das cidades mais charmosas de lá e aproveitar para fazer alguns bate voltas! Minha sugestão é deixar um dia para explorar a cidade, comentei no post sobre o tour de bike e realmente acho que vale a pena. Por lá tem San Gimignano, famosa por suas torres e pela Gelateria di Piazza (uma das melhores do país) e Siena (40 min de San Gimignano ou 50 min de Volterra), famosa pela Piazza del Campo e por sua impressionante Duomo. Outro dia pode servir para percorrer a estrada entre Siena e Florença, conhecida como Via Chiantigiana. Essa estrada cruza a incrível Chianti, a principal região produtora de vinhos do país e lá você vai encontrar diversas vinicolas (inclusive é lá que fica a Vinicola Antinori que você comentou, recomendo a visita). Outra opção é Montepulciano, cidade entre dois famosos vilarejos: Cortona e Montalcino, esse ficou famoso pelo livro sob o sol da toscana.

      Acho melhor você optar entre Capri ou Costa Amalfitana porque são duas lugares que vale a pena passar mais tempo e aproveitar! Caso contrário sua viagem vai ficar um pouco corrida. Em Capri tem as praias, grutas, ilhas ao redor e vão contribuir bastante com o seu roteiro. Beijos!

Deixe um comentário