Dubrovnik – Bate e voltas que valem a pena!

_DSC1287

A Croácia foi um dos países que mais gostamos de visitar no ano passado e quem acompanha o Instragram sabe disso! Vire e mexe o tema volta a tona e compartilhamos milhares de fotos desse fantástico destino. Por aqui, já comentamos sobre o nosso roteiro (aqui), dicas de Hvar (aqui) e Dubrovnik (aqui). No entanto, como falar de lá nunca é demais (espero que para vocês também!), hoje vamos comentar sobre os possíveis bate-voltas a partir de Dubrovnik – a pérola do Adriático. 

Quem me acompanha desde o inicio do blog, sabe que esse formato de viagem me agrada muito. Fazer muitas bases (paradas/hospedagem) na viagem muitas vezes fica mais cansativo do que simplesmente ir até o lugar, passar o dia e voltar. Obviamente isso implica em condições favoráveis, como bom meio de transporte + curta distância + cidade pequena fácil de explorar – então já sabem, se o destino reúne esses três pré-requisitos, pode fazer uma day trip! Na Croácia, por ser um país pequeno e com ótimas rodovias, o esquema de bate-volta cai como uma luva! Por exemplo, ao norte, a partir de Zadar (cidade super interessante) vale visitar o lagos de Plitvice – umas principais atracões turísticas do país e que fica apenas 40 minutos de carro da cidade. Já um pouco mais ao centro, outras visitas interessantes é a cidade histórica de Trogir (lugar onde está a Fortaleza de Klis – um dos cenários do seriado Game of Thrones) e o Parque Nacional de Krka que fica a 86 Km de Split. 

5-must-see-game-of-thrones-shooting-locations-in-croatia-klis-fortress-auto-europe

No entanto, é a partir de Dubrovnik que estão algumas das paradas obrigatórias no roteiro da Croácia. Devido a sua ótima localizacao geográfica, fronteira com a Bósnia e Montenegro, o lugar é uma espécie de parque de diversões dos viajantes mais acelerados. Além de todas as ilhas incríveis coladas em Dubrovnik, o viajante ganha um plus em poder conhecer essas maravilhas da natureza! 

Montenegro


IMG_1558 IMG_1579

Montenegro é uma das belas heranças da antiga Iugoslávia! Com apenas 8 anos de vida (independente da Sérvia em 2006), o local é bem preservado e possui algumas das cidades medievais mais bonitas da Europa.  Seu cenário poderia servir de inspiração para as filmagens da Terra Média, afinal conta com uma bela cadeia montanhosa, fiordes, caniôns e lagos. No entanto, são as cidades de Kotor, Budva e Sveti Stefan que fazem a fama do local e veja só por que: 
  • KOTOR

IMG_1546

A cidade de Kotor fica a apenas 92km de Dubrovnik, no entanto o trajeto não é tão simples devido a quantidade de túneis e curvas. Como a ideia é visitar outro país, é importante levar o passaporte (original) na viagem por conta da fiscalização na fronteira. O processo pode ser simples, no entanto caso tenho um policial um pouco mais inspirado – o processo irá demorar alguns minutos para impressão e carimbo no documento. A grande atração do vilarejo é a Baía de Kotor – considerada uma das mais bonitas do mundo, e patrimônio não só cultural e histórico, mas também natural da humanidade pela UNESCO. Mesmo se você optar em visitar a cidade de forma independente (aluguel de carro) ou com alguma empresa turística – vale conhecer à Fortaleza de Kotor. E sabe como? Não é de teleférico nem de bondinho. É subindo a pé mesmo por uma escadaria de pedras de nada mais nada menos do que 1350 degraus. Essa proeza exige bom preparo físico. É para os fortes. Especialmente, no calor do verão. O valor do ingresso para a subida é 3 euros. 

  • Budva 

visitar-montenegro-2

A apenas 23km de Kotor esta a segunda parada em Montenegro: Budva. A cidade medieval amuralhada e super bem preservada e o principal balneário durante os meses de verão. Suas praias são parecidas com a da Croácia: aguas cristalinas e pedrinhas ao invés de areia. Seu litoral possui mais de 20km de extensão, no entanto uma boa parada é a Becici – que foi escolhida como uma das praias mais bonitas do Mediterrâneo. 

  • Sveti Stefan 

Budva_how-to-get-there_13

Por influência da Croácia, a vizinha badalada que é o principal destino turístico dos Balcãs, Montenegro passou a receber muitos turistas. E assim, a ilha de Sv. Stefan foi escolhida pela luxuosa cadeia Aman para instalar esse hotel super exclusivo num lugar paradisíaco e cheio de história. O hotel ocupa toda a ilha de Sv. Stefan (que tem 12.440 metros quadrados) e teve o cuidado de preservar as casas medievais com sua estrutura externa intacta e instalações super confortáveis no interior dos 50 quartos e das 8 suítes. Seu acesso é feito por um istmo, uma espécie de passarela, que conecta a ilha ao continente. Não há outra maneira de entrar no hotel.  Também há algumas acomodações na cidade, na Vila Milocer, onde fica a praia privativa do hotel. E, que praia! Uma daquelas que não dá vontade de ir embora de jeito nenhum. A água é cristalina, pois o fundo é todo de pedras rosadas. Espetacular!

Gostaram das dicas?

PS. Bon Voyage!

2 comentários

  1. Marjorie em Responder

    Boa tarde, vi seu post no instagran e vou fazer um roteiro super parecido com o seu! como vc foi para montenegro? Fechou algum tour provado? Obrigada!!

    1. Priscila em Responder

      Olá Marjorie, tudo bem? Que delícia, tenho ótimas lembranças da minha viagem pela Croácia! Como estávamos com carro alugado, fizemos um bate e volta por conta própria de Dubrovnik até Montenegro. No entanto, caso você queira explorar com alguma agência de turismo, ao redor da cidade murada em Dubrovnik é possível encontrar ótimos pacotes. Dá uma olhada no link do Tripadvisor com todas as agências: https://www.tripadvisor.com.br/Attractions-g295371-Activities-Dubrovnik_Dubrovnik_Neretva_County_Dalmatia.html

      ótima viagem!

Deixe um comentário