Compras

Aloha from Hawaii

Montagem havai 1    Sempre tive o sonho de conhecer o Havaí. Sua cultura mundialmente conhecida, as belas praias e suas ondas de dez metros faziam parte do meu imaginário. Além de admirar o estilo de um povo extremamente democrático, que mantém suas origens. Sozinho no meio do oceano pacífico e com o título de local mais afastado do mundo, o Havaí é composto por um arquipélago de oito ilhas principais, sete delas habitadas: Maui, Kauai, Lanai, Molokai, Nihau, Big Island e a principal, ou melhor, mais movimentada Oahu. A Capital do Havaí, Honolulu, recebe milhares de turistas durante todo o ano.

    Fiquei hospedada em um hotel boutique , próximo a avenida principal Kalakaua, em Honolulu. É nesse local que concentram-se grande parte dos resorts de luxo da ilha e uma parte importante do comércio. A praia de Waikiki é a principal, famosa por seu pôr do sol cinematográfico. As opções de hospedagem na região são diversas: O luxuoso Westin Moana Surfrider, o Royal Hawaiian Hotel, Sheraton Waikiki e Halekulani Hotel. Um pouco mais a frente, fica o Hilton e o The Modern Honolulu. Todos os hotéis são interligados e abastecidos de lojas e restaurantes. Muitas marcas famosas migraram para essa local formando um potencial centro de compras. De fato, comprar no estado havaiano é muito vantajoso. O local possui a menor taxa dos Estados Unidos, apenas 4,35%. Outra opção de compra é o shopping Ala Moana, situado no coração da ilha. Possui uma seleção de lojas bem diversificada – Da célebre Chanel a disputada  fast fashion Forever 21.

    Antes de começar a explorar as diversas praias que fazem parte da ilha, sugiro separar dois dias do seu roteiro para conhecer um pouco da história local. Umas das atrações mais importantes de Oahu é o Polinesian cultural center. O parque temático visa apresentar as diferentes culturas polinésias. Foram eles que descobriram o Havaí e fazem parte do desenvolvimento de sua civilização. O local oferece diversas atrações para o turista, um espécie de Disney havaiana. Recomendo assistir ao típico luau, representado por mais de cem dançarinos nativos. O local fica a aproximadamente uma hora do centro de Waikiki, portanto programe-se para ficar o dia inteiro fora.

    O Parque Histórico de Pearl Harbour é parada obrigatória. A base militar é a atração mais procurada da ilha e a única com título de patrimônio nacional. No complexo, o visitante é recepcionado por antigos fuzileiros navais. Crianças e adultos formam filas para cumprimentar os heróis da guerra. Seu interior é composto por galerias que retratam fragmentos da história. Aos interessados, é possível percorrer o local com um guia qualificado. O passeio mais emocionante e concorrido é o do USS Arizona memorial. A visita começa com um barco que parte do complexo e leva ao memorial flutuante, construído sob o casco afundado do navio de guerra.

DSC02327

DSC02339

DSC02336

DSC02347 DSC02356

    Se tem uma fruta que marca esse arquipélago é o abacaxi. Na ilha de Oahu o cultivo é uma das principais fontes de renda dos produtores locais. Inclusive, a caminho de North Shore esta a base da Multinacional Dole. Os turistas podem conhecer as dependências do local e entender um pouco mais da sua história. A empresa nasceu no Havaí e hoje esta presente em mais de 90 países. Ótimo lugar para levar crianças e aprender um pouco sobre o cultivo! A ilha americana possui diversas atrações, no próximo post comento sobre as praias.

PS. Bon Voyage! 

Mala de inverno – Novidades

    Uma mala de viagem para a neve requer muito cuidado e paciência. Alguns produtos são fundamentais para encarar o frio e outros, muitas vezes, só atrapalham. Neste ano, as temperaturas na América do Norte bateram recordes mínimos. Se você estiver programando ir para lá, se prepare para o frio intenso. Em minha viagem ao Canadá, no último dia, houve nevasca em Toronto chegando aos -40°C. Mas o objetivo desse post não é intimidar o viajante do frio e sim, alertar! Nós gostamos de uma aventura e, encarar temperaturas negativas, rendem muitas histórias para contar. Os itens abaixo me ajudaram muito no dia a dia da minha viagem e espero que possa ajudar vocês.

Kit Sobrevivência

  • Roupas Térmicas: Comprei o conjunto pelo site da Decathlon. A entrega foi rápida e a qualidade das peças acima do esperado. Minha ideia inicial era usar a roupa apenas para esquiar, porém tudo mudou quando a temperatura de Vancouver não passava do zero grau. o ideal é comprar dois conjuntos para usar todos os dias.
  • Hand Warmes: A marca americana Grabber comercializa diversos produtos para aquecer no inverno. Seu portfólio é bem variado: aquecedores de mão, pé, dedão do pé, corpo e outros. Nessa viagem, usei as luvas aquecidas e me ajudaram muito. Para utilizar, basta deixar alguns minutos dentro da luva ou bolso e depois o local ficará aquecido. Eles não indicam o contato direto com a pele.  Encontrei a venda no site da Amazon, você pode comprar e mandar entregar no hotel. 
  • Easy Space: São sacos organizadores a vácuo. Utilizo normalmente para guardar casacos, toalhas e roupas molhadas. O kit “travel bag”, vendido na Kalunga, vêm com três sacos: dois grandes (70cm x 50cm) e um pequeno (55cm x 35cm). Devido ao seu material, pode ser utilizado diversas vezes.
  • Bliss Winter Wonder Hands: Adoro os produtos da marca Bliss, são ótimos e eficazes. Fiquei muito feliz quando encontrei esse kit na loja Sephora. São dois cremes, um de alta intensidade e outro com efeito relaxante para as mãos. Na nécessaire de neve também coloco um hidratante mais power – Effaclar da La Roche e hidratante labial da biotherm.

PS. Bon Voyage!