Sem categoria

Permissão Internacional para dirigir (PID) – Como fazer?

    Ao programar uma viagem ao exterior, muitas pessoas começam a fazer um check-list com todos os documentos necessários para embarcar: passaporte com data de validade acima de seis meses, visto válido, carteirinha de vacina, seguro saúde e por aí vai. No entanto, muitas vezes um documento extremamente importante para quem costuma alugar carro durante as viagens: o  PID – Permissão Internacional para Dirigir, também conhecido como Carteira Internacional de Habilitação não é lembrado. Isso acontece porque em países como Estados Unidos, México e América do Sul a CNH brasileira é aceita. No entanto, para quem pretende visitar lugares na África, no Oriente Médio, na Austrália ou na Nova Zelândia, vai perceber que não se aluga carro sem a habilitação internacional. 

destaque_PID_12082011_25x16_300dpi

    O PID é exigida por lei em mais de 59 países no mundo (veja a lista completa aqui) e ao alugar um carro é obrigatório a apresentação do documento. A Permissão nada mais é que uma carteira de motorista traduzida em mais de 10 línguas e que acompanha a mesma data de vencimento da CNH brasileira. Antigamente tirar uma PID era um processo bem simples, bastava ir a algum posto autorizado de renovação da carteira, fazer uma exame e, pronto! Desde 2003, o documento é emitido apenas pelo site do Detran e cada estado possui uma taxa única do serviço. Nós fizemos a nossa PID por conta da vigem do próximo mês para a Australia e abaixo tem um passo a passo para emitir o documento:

Emissão PID para habilitações registradas no estado de SP

  • Primeiro passo: Cadastro no site do DETRAN SP (aqui)

Este cadastro é necessario para qualquer serviço eletrônico do Detran como segundas vias e acesso as multas. Se você já possui o cadastro, basta incluir o CPF/CNPJ e senha para acesso, caso contrário basta clicar abaixo e dar seqüência a solicitação.  

Captura de Tela 2015-11-23 às 15.24.36

  • Segundo passo: Preencha o formulário do PID

Após o login no site do DETRAN, basta clicar em +serviços eletrônicos e depois clique em Solicitação de PID – Permissão Internacional para Dirigir.

Depois basta preencher o formulário com o número de registro da CNH e informar o endereço correto com CEP e numero da residência. Após isso, siga para a próxima selecionando “avançar”. Na última tela basta confirmar todos os dados informados e confirmar a operação. Será exibido uma tela de que o documento foi solicitado com sucesso!

Sem-Título-1

  • Terceiro passo: Pagamento da Taxa

O ultimo passo é efetuar o pagamento de um boleto eletrônico emitido pelo próprio site. A taxa cobrada pelo DETRAN SP para solicitação da documentação via internet é de R$ 232, 54 ( sendo R$ 221,54 custo do documento e R$ 11,00 pelo envio do documento pelo correios). Para vocês terem uma ideia, no estado do Rio de Janeiro a taxa cobrada é de R$ 107,72, ou seja, menos da metade do valor de São Paulo. 

Depois do pagamento da taxa, o DETRAN tem uma prazo de até 7 (sete) dias úteis para envio do documento. E importante que tenha alguém na residência, pois é necessário assinar pelo recebimento. O Correios faz ate três tentativas de entrega e depois é devolvido ao DETRAN.

PS. Bon voyage!

Dicas de Búzios

_DSC0471

_DSC0468

    Quem acompanha o insta viu que no último feriado de finados fomos para Búzios pela primeira vez! Esse destino, brasileiríssimo, já estava na lista de “lugares para conhecer” há algum tempo e foi aparecer uma passagem promocional (por pontos) que o desejo virou realidade! A cidade fica a 127km do Rio de Janeiro (uma média de 2h30min de carro) e possui algumas das praias mais bonitas do estado. Para quem não sabe, o destino ficou famoso lá na década de 60 depois de uma visita da musa-inspiradora-da-época Brigitte Bardot e, de uns tempos para cá, seu cenário foi tema de novela do Manoel Carlos e inspiração de alguns filmes nacionais. Para nós ainda tem um plus: suas fotos paradisíacas não param de bombar nas redes sociais! 

    Chegar em Búzios não tem segredo! A melhor forma é pelo Rio de Janeiro (aeroporto Santos Dumont ou Galeão) e depois seguir uma reta, conhecida como a estrada dos lagos, onde está Cabo frio, Arraial do Cabo e Búzios. Muitas pessoas optam em ir de carro (foi o nosso caso) pela facilidade de se locomover na cidade, mas uma outra opção são os transfers que fazem o trajeto em vans particulares ou coletivas. Nós chegamos a cotar o serviço antes de alugar o carro e para vocês terem uma ideia: a empresa Line Búzios faz o transfer regular por R$ 89,00 e R$ 550,00 para um carro até quatro pessoas, sendo que só possível escolher o horário da saída/chegada na segunda opção. Já o aluguel do carro foi fechado na empresa Movida (retirada e entrega no aeroporto Santos Dumont) e três dias de locação+GPS custou R$ 213,00. Melhor negócio!

    No entanto, escolher a hospedagem em Búzios pode ser uma das tarefas mais difíceis do planejamento! O lugar tem uma concentração impressionante de pousada charmosas com vistas de tirar o fôlego. E quando isso acontece usamos uma técnica milenar: eliminatória! Sim, em Búzios você vai encontrar algumas opções de hotéis pé na areia (na praia de Geribá) ou hotéis localizados em pequenos morros próximo a avenida principal: orla Bardot, rua das Pedras. E a regra é mais ou menos a seguinte: quem fica hospedado nos morros acaba aproveitando a piscina do hotel ou vai a praia de Geribá e Ferradura. Como foi a nossa primeira vez em Búzios optamos em ficar na praia e foi uma sábia decisão (deixando para a próxima ida os hotéis do morro!).

    Sendo assim, o hotel escolhido foi o Le Relais La Borie – super charmoso, com uma atmosfera francesa única e, claro! de frente para o mar. O La Borie, como é intimamente chamado, foi inaugurado em 1986 e é gerido por uma família de franceses até hoje. Possui uma estrutura enxuta: são apenas 41 quartos, sendo alguns deles com vista para o mar e outros para um bosque interno. Sua área externa foi totalmente planejada para oferecer dias de descanso ao hóspede: o spa tem um ofurô e camas de relaxamento e um pouco a frente estão as piscinas – uma quente e outra gelada. Todos os hóspedes da área externa possuem um atendimento exclusivo do bar das piscinas e inclusive tem algumas mesas para quem opta em fazer uma refeição com vista para o mar! Falando nisso, o hotel também oferece cadeiras com guarda-sol na praia para todos os hóspedes. Não posso deixar de mencionar o café super variado oferecido a todos hóspedes até as 11hs. No buffet, muitos pães, queijos, frutas, iogurtes, além de uma variedade incrível de bolos e omeletes. 

_DSC0478

 13341268 40964685 hotel-le-relais-la-borie Quem visita Búzios tem várias praias para conhecer! Um dos passeios mais comuns é o de barco pelas praias e ilhas do costão. As saídas são no Porto dos Pescadores, na praia da Armação, e o roteiro é bem flexível. Normalmente inclui praias como: João Fernandes, Ferradura, Ilha Feia e Tartaruga – para mergulhos e fotos, Praia dos Ossos – Praia Azeda e Azedinha – Praia de João Fernandes e João Fernandinho (foto) Brava – Olho de Boi – Forno – Foca – Lagoinha – Ferradura e Ferradurinha – Ilha Branca e Praia da Tartaruga. O passeio tem duração média de 3 horas e pode ser contratado pelo site

_DSC0535 _DSC0534

Se durante o dia as praias são ótimas paradas para quem gosta de aproveitar o dia no mar com SUP, a noite todo o agito é concentrado na rua das Pedras! O lugar reúne diversas lojas, como VIX, Salinas, Iemanja (especializada em moda praia), Animale, Osklen, FYI, entre outras. Além de diversos restaurantes e bares! Esses foram o que mais gostamos de conhecer: 

RESTAURANTES

Localizado bem no centro da rua das pedras, o restaurante é um dos mais famosos da cidade! Seu cardápio é vasto e repleto de pratos com peixes e frutos do mar. Nós pedimos o camarão no abacaxi e esta incrível! 

Endereço: 382 Orla BardotArmação dos Búzios | Horário: A partir das 13hs as 02hs | Valor médio: R$ 100,00 por pessoa excluindo bebida alcoólica. 

Esse foi um super achado! O restaurante fica a apenas uma quadra do hotel Le Relais La Borie, na praia de Geriba, e tem uma culinária leve & contemporânea fantástica! Foi inaugurado em Nov/14 por uma família de peruanos e tem no cardápio o verdadeiro Ceviche.  

Endereço: Rua Gerbert Périssé 1023, Armação dos Búzios | Horário: A partir das 18hs as 23hs | Valor médio: R$ 90,00 por pessoa excluindo bebida alcoólica. 

Encontrei esse lugar no Guia de restaurantes Boni & Amaral e foi uma grande supresa durante a nossa viagem. Localizado na Orla Bardot, bem próximo do hotel Villa D’Este, é o lugar ideal para visitar no horário do almoço. Sua carta de vinhos é impecável e os pratos leves e saborosos!

Endereço: Av. Jose Bento Ribeiro Dantas, 994, Armação dos Búzios | Horário: Quarta a sábado das 16hs as 00:00hs | Valor médio: R$ 90,00 por pessoa excluindo bebida alcoólica. 

Lugar ideal para quem quer almoçar em um ambiente mais animada, com musica de fundo e muitas opcões de drinks! Localizado na praia Brava, seu deck tem um visual lindo da praia e os pratos são bem saborosos!

Endereço: Praia Brava, 13 Armação dos Búzios | Horário: A partir das 11hs as 18:30hs | Valor médio: R$ 100,00 por pessoa excluindo bebida alcoólica. 

Um dos lugares que mais gostamos de conhecer! O Místico é o restaurante da Pousada Abracadabra e tem uma culinária, além de um super visual! O restaurante é pequeno, a lotação máxima é de apenas 20 pessoas e seu cardápio é extremamente enxuto. 

Endereço: R. Alto do Humaitá, 13Armação dos Búzios | Horário: A partir das 13hs as 22hs | Valor médio: R$ 130,00 por pessoa excluindo bebida alcoólica. 

Recebi várias dicas desse restaurante no Instagram e visitamos em nossa primeira noite na cidade! Ambiente pequeno e aconchegante, pratos pequenos e saborosos e ótimo atendimento. Mais uma boa parada na Orla Bardot!

Endereço: Orla Bardot, 468 – Armação dos Búzios | Horário: A partir das 16hs as 00:00hs | Valor médio: R$ 100,00 por pessoa excluindo bebida alcoólica. 

Um dos lugares mais agradáveis pra uma refeição em Búzios é o Porto da Barra, complexo gastronômico na praia de Manguinhos. Vários bares e restaurantes se espalham na estrutura instalada sobre o pequeno mangue que ladeia a praia, com muito verde e terraços apontando pro mar. Almoçamos no Donna Jô (antigo Quadrucci) e estava ok, mas fomos fisgados mesmo pelo ambiente! O restaurante tem uma área externa deliciosa para apreciar o mar! Nesse mesmo dia voltamos durante o pôr do sol e ficamos nas cadeirinhas do Anexo Praia – o ambiente é gostoso e o visual de lá imbatível!

Endereço: Av. Jose Bento Ribeiro Dantas, 2900 – Manguinhos – Armação dos Búzios

_DSC0506 _DSC0519

_DSC0579

 Adoramos conhecer Búzios!

PS. Bon Voyage!

As melhores ferramentas do KAYAK

Kayak-search-one-and-done-a

    Quem acompanha o PS. Bon Voyage pelo Instagram e Snapchat viu que ontem participamos de um encontro de blogueiros promovido pelo site KAYAK em São Paulo. O evento reuniu formadores de opinião do Brasil inteiro e mostrou as novas ferramentas do KAYAK que ajudam (e muito) a vida do viajante. Na realidade, sempre fui usuária assídua do site (olha esse post aqui com dicas) e conhecer todas as suas vantagens foi muito bacana para compartilhar com vocês!

    Para quem não sabe, o KAYAK é um buscador de viagens, presente em mais de 32 países, que tem como principal objetivo encontrar o melhor preço de passagens aéreas, hotéis e carros alugados para o usuário. A vantagem do Kayak é que o preço apresentado já é sinalizado sem taxas e, assim, não tem aquela supresa na hora de efetuar o pagamento. Nos Estados Unidos o Kayak é conhecido como o Google da Viagem, uma espécie de site de pesquisa, no qual o viajante pode comparar e encontrar o melhor preço antes de fechar uma viagem! Atualmente eles possuem mais de 1 bilhão de buscas por ano e, para vocês terem uma ideia, no site está disponível mais de 550 companhias aéreas e 800 mil hotéis cadastrados. O número impressiona e isso só é possível porque o KAYAK faz parte do gigante de turismo Priceline Group que reúne informações de sites conhecidos, por nós, como: Booking.com  renomado site de hospedagem; Agoda.com – principal site de hospedagem na Ásia; Rentalcars.com o melhor site de aluguel de carros e OpenTable site especializado em reservas de restaurantes! Sendo assim, o site facilita a vida do viajante mostrando o menor preço após uma busca em todos os principais sites de viagem

    Além disso, o KAYAK possui algumas ferramentas onlines gratuitas que tem como objetivo ajudar o viajante antes de comprar uma passagem ou reservar um hotel! Uma delas é a “Projeção de preços” que por meio de um algoritmo analisa o histórico de mudança de preços, com base em mais de 1 bilhão de buscas de voos feitas no KAYAK, e recomenda se vale a pena comprar ou esperar. Esse recurso é ótimo quando bate aquela insegurança se vai aparecer uma promoção!

Kayak_1

    Outra ferramenta que somos muitos adeptos por aqui é a de “Alerta de Preços ” – quando o kayak manda uma mensagem informando se determinada passagem aérea baixou o preço! Esse recurso é um ótimo agregador de serviços e para utilizá-lo basta fazer o seguinte:

  1. Entrar no site do KAYAK (que é todo escrito em português)
  2. Na barra superior, clicar na palavra “VOOS” e incluir as informações, como: aeroporto da ida, aeroporto da volta, datas e quantidade de pessoas. Insider tip: Um recurso que sempre uso nesse momento é o “datas flexíveis” quando o site informa, por meio de um quadro, os valores das passagens aéreas em um período de três dias antes ou depois da data pesquisada. 
  3. Após isso, a próxima página irá informar o resultado da sua pesquisa com todos os voos disponíveis. No canto esquerdo da tela superior, estará o gráfico com a ferramenta “Projeção de preços” sinalizando se é o momento de comprar ou aguardar e, logo abaixo, está o campo com ” Criar alerta de Preços”
  4. Caso você opte em criar um alerta (faça isso que realmente ajuda ;) basta clica no box e fazer um cadastro no site com o endereço de e-mail, senha e aeroporto de saída. Após esse primeiro cadastro, nas próximas vezes só precisa informar o e-mail e senha. Lembrando que esse alerta também é válido para passagens aéreas e aluguel de carro. 

Kayak 2

    Por fim, o buscador de viagens ainda oferece ferramentas como o KAYAK MIX: no resultado da pesquisa de voos o site alerta a melhor combinação de passagens com diferentes cia aéreas, mostrando a opção mais barata. E, ontem, os responsáveis pelo site no Brasil mostraram uma ferramenta que é novidade no canal e pretende criar uma nova tendência de consumo: o EXPLORE . Para usar é bem simples: basta incluir no campo informação do destino, continente, as condições climáticas e até mesmo sua atividade favorita e, claro, o valor que quer gastar – que o site filtra as melhores opções dentro do orçamento! Por ex, fiz uma simulação para uma viagem em Mar/16, com um budget (orçamento) de passagem estipulado em R$ 2.600,00 e na Europa. Vejam só o resultado:

Captura de Tela 2015-10-28 às 14.07.25

    Além do site, o KAYAK tem um aplicativo disponível para celulares Iphone e Android (gratuito e escrito em português!) com a mesma interface de busca de passagens e ofertas! O app ainda incorpora algumas facilidades como o “Rastreador de voos”  com todas informações para ficar atualizado sobre o status do voo a todo momento, além de opções de compartilhamento hotéis, incluindo o envio de informações por e-mail. Realmente vale a pena baixar, afinal sempre gostamos de compartilhar aqui facilidades que geram economia na sua próxima viagem!

E ai, viajantes, gostaram do post?

PS. Bon Voyage!

 

Chefs italianos vêm ao Brasil para cozinhar pratos típicos da Toscana

italian   Durante a 4ª Settimana della Cucina Regionale Italiana, de 24 a 31 de outubro, os restaurantes italianos Buttina e Sensi Gastronomia, em São Paulo, receberão os conterrâneos chefs Sebastiano Lombardi e Antonio Magliulo, que trabalham nos hotéis Il Pellicano, em Porto Ercole, e La Posta Vecchia, em Ladispoli, para para trocar figurinhas sobre a culinária italiana. Ao lado dos chefs locais, os dois comandarão as cozinhas e servirão menus exclusivos a preços fechados.

    Para os pratos que servirá no Buttina, criados junto à Filomena Chiarella (chef e proprietária da casa), Sebastiano Lombardi usará ingredientes importados que trouxe na própria bagagem. O jovem italiano, aliás, já desponta como talento mundial e ostenta uma estrela Michelin. O menu homenageia a região da Toscana, onde se encontra o cinco estrelas Il Pellicano, e custará R$ 82 no almoço e R$ 118 no jantar, com delícias como a massa fresca com erva doce, ovas de tainha e mini lulas, ou o filetto di manzo com cogumelos e beterraba.

    Já no Sensi Gastronomia, comandado pelo chef e também dono Manuel Coelho,  o menu concebido a quatro mãos reproduzirá a culinária típica da região do Lazio, onde fica o hotel butique La Posta Vecchia – no qual o chef Antonio Magliulo trabalha. No cardápio, sabores salgados se misturam a doces, caso do antipasto de anchova fresca recheada com doce de tomate, rúcula e semente de cacau, e do risoto cacio e pepe com pêra e fava fresca (R$ 75 no almoço e R$ 120 no jantar).

   Neste ano, o evento (site oficial aqui) conta com a participação de 20 chefs italianos, que cozinharão em 20 restaurantes junto aos seus chefs brasileiros, e oferecerá um total de 160 receitas que exaltam os sabores das 20 regiões italianas. Os menus de três e quatro tempos – incluindo entrada, primeiro e/ou segundo prato, e sobremesa – oferecem duas opções para cada etapa. Nos restaurantes Buttina e Sensi Gastronomia, o entusiasta gourmet poderá saborear legumes e hortaliças, massas, frutos do mar, peixes e carnes preparados com primor e de forma harmônica, graças ao expertise e às técnicas dos talentosos chefs.

Restaurante Buttina:

Rua João Moura, 976, Pinheiros – São Paulo, tel. (11) 3083-5991

Horário de funcionamento: De terça a quinta 12h – 14h30 e também 19h30 – 23h/ Sexta 12h – 14h30 e também 19h30 – 00h / Sábado13h – 17h e também 19h30 – 00h / Segunda fechado /Domingo 13h – 17h

Sensi Gastronomia:

Rua Gabrielle D’Annunzio, 1.345, Campo Belo – São Paulo, tel. (11) 2478-509

Horário de funcionamento: De terça a quinta 12h – 15h e também 19h – 23h /Sexta 12h – 15h e também 19h – 00h / Sábado 12h -17h e também 19h – 00h / Segunda fechado /Domingo 12h – 17h

SOBRE O HOTEL IL PELLICANO

25444290

Com vista espetacular do mar Argentário, o Il Pellicano, em Porto Ercole, cria a atmosfera de um típico lar toscano e é cenário perfeito para formar um clube exclusivo de hóspedes ilustres como Charles Chaplin, Henry Fonda, Gianni Agnelli, Slim Aarons, e toda a realeza europeia. O hotel conta com SPA, piscina ao ar livre com água do mar aquecida, praia privativa, quadra de tênis, academia, boutique, adega de vinhos e dois bares. A gastronomia, aliás, é um ponto forte do cinco estrelas, que conta com as criações do chef Sebastiano Lombardi, jovem talento italiano premiado com uma estrela do guia Michelin.

SOBRE O HOTEL LA POSTA VECCHIA

780-480-0

    Com  vista espetacular para o mar, esse charmoso hotel membro do Leading Hotels of the World está localizado a apenas 40 minutos de Roma. Construída pelo Príncipe Orsini em 1640 sobre os restos de uma antiga cidade romana, a propriedade foi comprada por Jean Paul Getty e o historiador de arte Federico Zeri em 1960, e, depois de restaurada, decorada com móveis, tapeçarias e objetos do séculos XV e XVI. Hoje, o hotel de luxo do Pellicano Hotels – grupo da tradicional família italiana Sció, que comanda também o icônico Il Pellicano, em Porto Ercole  – possui 19 quartos, piscina aquecida, SPA, campo de golfe e até praia particular. Outro ponto alto, o The Cesar Restaurant conta com ingredientes cultivados na propriedade ou locais, e oferece também cardápios vegetarianos ou sem glúten.

*** Texto concedido pela assessoria TL Porfolio.

Dicas para economizar na próxima viagem

memorial-day-travel    “Em tempos de recessão, viajar tornou-se algo que precisa ser muito bem pensado antes de acontecer!” Não é a mais pura realidade que estamos vivendo? A boa notícia é que a situação no mercado de viagens não está tão crítica para os turistas, as empresas vem buscando formas de burlar a crise para não perder os clientes, ou seja, congelam os preços, oferecem promoções de aéreos e pacotes com hotéis. Graças a esses descontos, viajar esse ano está mais barato do que no ano passado, mas claro, com menos dinheiro no bolso, os brasileiros estão buscando formas de fazer a viagem caber no orçamento. E sabe o que acontece? Agora estamos trocando a viagem dos sonhos pela viagem possível!

    Para gastar menos em uma viagem não existe segredo, mas sim planejamento. O problema é que na maioria das vezes não é dado a devida atenção ao planejamento e ao controle de gastos. Vale pegar um exemplo simples: diariamente recebemos milhares de promoções de passagens aéreas para vários lugares na Europa, Caribe e Estados Unidos (um estudo feito comprova que desde o mês de Março não houve uma semana sem passagem promocional para EUA) e muitas pessoas pensam que é uma ótima alternativa para viajar ao exterior, mas agora com a alta do dólar é preciso pensar muito bem antes de comprar essa passagem com o preço muy amigo, certo? Antes disso, é necessário levantar o gasto final da sua hospedagem, qual será o gasto diário em refeição e o custo das atrações (uma dica é o site Numbeo que faz um panorama do custo de vida do local). Com isso, aproveite essa época de crise para riscar da lista os lugares mais em conta como aqueles na América do Sul, América Central, alguns na Ásia e até mesmo viajar pelo Brasil!

Organize-1

    Hoje é possível encontrar ferramentas que auxiliam nesse processo, é o caso do site organizze que compila todos os gastos encontrados na internet e mostra (em números) se vale a pena ou não visitar determinado destino. 

    Agora você me pergunta, mas quais são as regras para planejar uma viagem? Bom, não existe regra, mas sim um cronograma de ações que será muito efetivo no corte de gastos! O primeiro, e talvez mais importante, é o tempo de antecedência para fechar uma viagem. Antigamente quando o dólar/euro estavam com cotações amigas comprar uma passagem para o mês seguinte não era o pior dos mundos, afinal era possível encontrar um hotel com diárias promocionais que não machucava tanto no bolso. Hoje é diferente, mesmo essa diária promocional está muito mais cara (para nós). Então que tal comprar a passagem com pelo menos seis meses de antecedência? Uma pesquisa do Booking alerta que as principais redes de hotéis colocam no ar suas promoções com esse período de antecedência, ou seja, você pagará muito mais barato e se tiver a oportunidade de já efetuar o pagamento na hora, faça isso! Assim você fecha a cotação dia, não deixa ela oscilar até a data da viagem. Uma outra alternativa são as outras formas de hospedagem como hostel e apartamentos. O site airbnb lidera o ranking de melhores ofertas de apartamentos em vários lugares do mundo e ainda oferece relatos dos últimos hóspedes com todas as avaliações. Essa opção permite economizar com a alimentação: a ida ao mercado já garante o café da manha e jantar! No caso de hostel, que tal conferir no site Hosterworld os estabelecimentos listados no hoscar  (a seleção dos melhores hostels do planeta feita pelo site) e ver se não tem nenhum que se adeque ao seu destino? Uma boa alternativa para economizar. 

homelisbon2

O Home Lisbon considerado um dos hostels mais legais do mundo em Lisboa, Portugal. A diária custa em média U$ 20  

    Uma outra forma de economizar no roteiro é viajar durante os meses que antecede a alta temporada, ou seja, na baixa temporada. Por exemplo, na Europa os melhores meses para viajar são Abril, Maio, Junho, Setembro, Outubro e começo de Novembro. Nesse período é possível encontrar mais oferta com preços mais baixos e pouca procura. No caso do transporte, uma dica para quem viaja na baixa temporada é deixar para comprar os tickets do trem na data da viagem! Sei que pode parecer loucura, mas é nesse momento que tem os melhores descontos! Corre o risco de não ter disponibilidade, mas caso encontre os preços serão ate 30% mais baixos. No entanto, quem prefere a segurança de sair de casa com os bilhetes em mãos, fica mais barato nos sites da próprias ferrovias: Renfe.com (Espanha), Trenitalia.com (Itália), SBB.ch (Suiça), SNCF.com (França), TheTrainLine.com (Inglaterra) e Bahn.com (Alemanha). 

    Por fim, lembre-se de economizar com os restaurantes! Uma dica é fugir do restaurantes proximos dos cartões postais das cidades, sempre são mais caros. O legal é descobrir um lugar onde os locais frequentam, se aventurar pelas ruelas e para dar uma mãozinha, o app Foursquare sempre ajuda nesse momento. Ah! falando em internet na viagem – lembre-se em desabilitar o 3G e comprar um ship da operadora local! E rápido, simples, mantém os mesmos contatos do whatzapp e é sinônimo de economia!

E ai, viajantes, gostaram das dicas? Quem também tiver compartilha nos comentários.

PS. Bon Voyage!