Tag: dicas de roteiro

A multifacetada Lisboa

DSC01822

    É muito comum brasileiros que viajam a Europa optarem por visitar países mais famosos como França, Itália e Espanha. Muitas vezes esquecemos de um país tão semelhante do nosso – Portugal. No entanto, isso é um grande equivoco, pois poucos lugares possuem tanta beleza e personalidade como as terras lusitanas. Ao som de fado, ruelas estreitas e monumentos históricos encontramos Lisboa, sua capital. A maior cidade portuguesa é um celeiro de cultura, história e entretenimento. Seus bairros, muito bem distribuídos, possuem características individuais e a cada visita uma nova Lisboa aparece.

    A Avenida Liberdade é o corredor principal da capital portuguesa e localiza-se entre as praças dos restauradores e Marquês de Pombal. A avenida corta os principais bairros: Chiado, Alfama, Bairro Alto, Belém e Parque Das Nações. São nesses distritos que concentram-se as principais atrações e pontos turísticos. Esta zona é bem centralizada e possui uma grande variedade de hotéis. Um dos mais tradicionais da cidade é o Hotel Tivoli, próximo a praça Marquês de Pombal. No mesmo local, localiza-se uma das unidades do Hotel SANA, com ótimo atendimento e preço. Os bairros históricos de Lisboa como Alfama e o Chiado têm renovado muitos dos seus edifícios antigos para transformá-los em hotéis de boutique. Algumas opções são: Altis Avenida Hotel e Heritage Avenida Liberdade.

DSC01803

    A atração principal de Lisboa é a própria cidade. Laureada por muralhas imponentes, belos miradouros, e monumentos luminosos, cada lugar de Lisboa tem a sua própria personalidade. Mesmo assim, quem visita a capital portuguesa não pode deixar de conhecer suas principais atrações. Um dos cartões postais de Lisboa é o Mosteiro dos Jerônimos. O local foi declarado pela UNESCO como patrimônio mundial da humanidade e é aberto ao público. A poucos passos está a Torre de Belém e o Monumento do Descobrimento. O Castelo de São Jorge localiza-se no topo da morro mais alto da cidade e oferece uma das mais deslumbrantes vistas. O local foi parcialmente restaurado e oferece um verdadeiro culto ao romantismo passado.

DSC01845

No proximo post, comento sobre outras atracões imperdíveis em Lisboa. Esta cidade multifacetada!

PS. Bon Voyage! 

Roteiro de 1 dia – Londres

     O Heathrow, em Londres, é considerado um dos aeroportos mais movimentos da Europa. O local é hub da gigante cia aérea British Airways e ponto de conexão para milhares de voos. Essas escalas podem ter um tempo mínimo de uma hora chegando até vinte e quatro horas. Com isso, quem compra uma passagem com uma longa conexão não hesita em sair do aeroporto {minha orientação é que você não saia do aeroporto se a conexão tiver um tempo de duração menor de cinco horas, pois o aeroporto é longe do centro}. Pensando nessa situação e aos pretendem fazer um “bate e volta” vindo de Paris, elaborei um roteiro de 1 dia em Londres.

Roteiro 1 dia_Londres

     Dentre todas as opções, o meio de transporte mais rápido para chegar ao centro de Londres é o Heathrow Express. O trem demora exatamente 15 minutos até a estação Paddington, de onde podem ser feitas as conexões do metrô até seu destino final, no nosso caso Waterloo. A estação fica ao lado da London Eye, primeira parada do nosso roteiro. O local oferece uma das melhores vistas da cidade e o percurso da roda gigante demora aproximadamente 20 minutos. Próximo a London Eye, estão alguns dos principais pontos turísticos de Londres: Big Ben, Parlamento e Westminster Abbey. A visita a cada um deles é opcional, lembrando que o tempo é o fator determinante para esse roteiro. O passeio continua pelo bairro de Southbank, a beira do rio Tamisa, com destino ao Tate Modern. O museu é uma das principais atrações da cidade e reúne um enorme acervo de arte moderna. Próximo ao museu está um dos mercados mais antigos de Londres – Borough Market. O local é parada obrigatória aos apreciadores de boa gastronomia. A visita pode ser rápida e o lugar traduz muito dos costumes britânicos. A poucos passos do mercado esta a London Bridge, icônica ponte britânica. Fazer a travessia é essencial para chegar ao próximo ponto do roteiro: Covent Garden. A melhor forma de chegar ao local é de metro, embarcando na estação Monument e parada na estação que da nome ao bairro.

DSC03411

DSC03862

    Provavelmente esses pontos serão explorados durante a manhã, portanto em Covent Garden é possível fazer um parada para o almoço. No lugar há um mix interessante de restaurantes, de chefes estrelados a comida de rua. Vejam algumas opções:

  • Fifteen Badalado restaurante do Chef Jamie Oliver. Pratos diferentes, criativos e com uma boa carta de vinhos. O local é agradável e necessário reservar. 15 Westland Place | Covent Garden
  • Balthazar Filial do badalado restaurante nova iorquino. Cardápio semelhante e ótimo atendimento.  4-6 Russell St | Covent Garden
  • L’ Atelier de Joel Robuchon Restaurante conceito de um dos maiores chefes franceses. O menu é bem diferenciado e mais caro. 13-15 West St | Covent Garden
  • The Delaunay O local oferece um dos melhores brunch do bairro. Menu variado e preço aceitável. Vale começar a explorar o bairro por aqui! 55 Aldwych | Covent Garden
  • Opera Tavern Restaurante de tapas (pequenas porções). 23 Catherine St | Covent Garden
  • Sophie’s Steakhouse Restaurante bem movimentado especializado em comida inglesa! Mto junkie food e carnes. Opção para o almoço ou jantar. 29-31 Wellington St | Covent Garden
  •  Le Deux Salons Ambiente agradável especializado em comida francesa. Muitos optam em jantar antes do teatro! 40-42 William IV St | Covent Garden

    O bairro fica a poucos passos da famosa praça Trafalgar Square e as ruas de compras Leicester Square e Oxford Circus. O roteiro termina nessa região, com muitas lojas e atracões. A praça é  cercada por cinemas e teatros, portanto se sobrar um tempinho no roteiro vale tentar assistir algum show!

DSC04032

Minha ultima dica: para sobreviver a um dia corrido como esse, prepare a disposição e não esqueça de usar um sapato confortável. Confira a previsão do tempo e se vista adequadamente, pois o tempo de Londres é extremamente instável. Não esqueça de baixar o APP {free} do metro: Tube Map. O dispositivo funciona offline e ajudará em seu roteiro.

PS. Bon Voyage!

Esse post foi baseado em um email enviado pelo Diogo pedindo dicas para um dia em Londres. Se você tem sugestões de posts, favor enviar email para priscila@psbonvoyage.com.br

Dicas de Rooftops – NYC

    O verão começou em Nova Iorque e um dos programas favoritos é usufruir de algum rooftop. Normalmente localizado no topo de hotéis, esses terraços são compostos por charmosos bares e restaurantes. A proposta é a mesma: bons drinks e vistas espetaculares de Manhattan. Selecionei alguns lugares que podem ser facilmente incluídos em seu roteiro:

Seguindo um conceito roofgarden, o terraço do MET foi eleito pela revista CondeNast  o melhor rooftop da cidade. Possui um ambiente informal e descontraído ao ar livre. A vista do Central Park é maravilhosa e o Martini bar, parada obrigatória. É cobrado uma taxa de USD 20,00 para subir ao último do andar do prédio.

1

Localizado no topo do The McKittrick, o hotel desativado é cenário do famoso espetáculo Off Broadway – Sleep no More. O restaurante/bar possui um ambiente bem arborizado e informal. Quem o visita não pode deixar de provar algumas especialidades do cardápio. Minha dica é combinar as atrações na mesma programação, só não esqueça de fazer a reserva pelo site.

Endereço: 542 W 27th St, New York, NY 10001

2

Localizado no 14andar do mercado gourmet Eataly, essa cervejaria oferece bons aperitivos e pratos italianos. O ambiente remete a uma verdadeiro cervejaria alemã com mesas longas de madeira e decoração informal, no entanto a originalidade italiana está nos antepastos: presunto, queijos, azeitonas e mortadela fazem parte do cardápio.

Endereço: 200 5th Ave, New York, NY 10010

3

Situado no 18andar do James Hotel, o badalado bar é parada obrigatória nos dias quentes. O típico rooftop é ponto de encontro dos apreciadores de musica de altíssima qualidade. O espaço é concorrido e a sua vista impressiona: Rio Hudson e Brooklyn Bridge.

Endereço: 15 Thompson St, New York, NY 10013

A vista é o grande destaque desse rooftop bar localizado no coração Manhattan, em Hell’s Kitchen. De um lado, os arranha-céus de Midtown, de outro o rio Hudson. O local é indicado para quem quer ver e ser visto.

Endereço: 653 11th Ave, New York, NY 10036

4

Situado no segundo andar do prédio, essa cervejaria fica a poucos passos McCarren Park e Berry St, no Brooklyn. Seu terraço oferece um ambiente casual e o bar oferece drinks variados. O local é ideal para quem se interessar em assistir jogos da copa, a programação completa esta no site.

Endereço: 4 Berry St, Brooklyn, NY 11211

E ai, viajantes, alguém tem mais alguma indicação? Coloquem aqui nos comentários.

PS. Bon Voyage!

 

Broadway – O que assitir?

    Mesmo quem nunca foi para Nova Iorque já ouviu falar sobre os espetáculos da Broadway. Conhecidos mundialmente, os musicais são a principal atração noturna da cidade. Atualmente, quem visita a ilha se depara com mais de 50 shows em cartaz e escolher o que assistir não é uma tarefa fácil. Próximo a Times Square, todos os teatros concentram-se em uma área chamada “Theatre DistrictAlguns estão há mais de uma década em cartaz, como o Rei Leão e Fantasma da Opera e para alegria dos visitantes, a cada ano ha novos lançamentos. Abaixo compartilho alguns s espetáculos que já assisti e gostei:

  • Rei Leão

Considerado pelo site Tripadvisor como a segunda melhor atracão turística em Nova York, é uma musical ideal para crianças e adultos. o Baseado no filme da Disney, esse musical esta em cartaz desde 1997. Sua conhecida historia é muito bem retratada pelo elenco afiado e orquestra. Sao varias momentos nostálgicos e de muita emoção. Em cartaz no Minskoff Theatre – 200 West 45th Street.

rei-leao-5

  • Mamma Mia

O espetáculo é uma verdadeira homenagem ao grupo  ABBA. Os maiores sucesso do grupo são executados com ótimas performances do elenco. Foi o primeiro espetáculo da Broadway que assisti e com certeza é o meu favorito. Mamma Mia! conta a história de Sophie, jovem prestes a se casar e que está a procura do seu verdadeiro pai para levá-la ao altar. Em cartaz no Winter Garden Theatre – 1634 Broadway.

mamma mia

  • The Book of Mormoon

Vencedor de nove estatuetas Tony em 2011, inclusive o de melhor musical do ano, o aclamado espetáculo conta através de uma sátira religiosa, a saga de dois jovens missionários que são enviados a Uganda para tentar converter os cidadãos à religião Mórmon. Os fãs de South Park vão se identificar com os diálogos e músicas pois foram compostos pelo mesmo criados do desenho animado. Em cartaz no Eugene O’Neill Theatre – 230 West 49th Street.

o-the-book-of-mormon-london-facebook

Abaixo alguns musicais que ainda não assisti, mas estão na lista da próxima viagem:

  • Matilda

Baseado em um livro infantil, o musical conta a história de uma menina superdotada, porém menosprezada pelos seus pais. O musical britânico estreou em Março do ano passado em Nova Iorque e ja bateu recordes de bilheteria. Em cartaz no Shubert Theatre – 225 West 44th Street New York, NY.

  • Pinpin

O musical foi encenado na Broadway há 40 anos e voltou no ano passado com uma nova versão. A historia é sobre um príncipe que precisa fazer uma difícil escolha – ter uma vida feliz, mas “simples”, ou arriscar tudo por um momento de glória. Um musical muito aclamado pela critica, recebeu um Tony de melhor ator e melhor atriz. O musical “Pippin” é uma combinação de teatro e artes circenses. Em cartaz no Music Box Theatre – 239 West 45th Street New York, NY. 

  • Alladin

Mais um espetáculo baseado em historia da Disney que promete dar o que falar! Com estreia prevista para esse mês (Maio/14), o musical reunirá boa musica, elenco estrelado e alta performance. Em breve New Amsterdam Theatre – 214 West 42nd Street New York, NY.

Já comentei |AQUI| sobre a bilheteria da Tickets, na Times Square. Outra alternativa para compra de ingressos é o site Broadway.com. Nao é o site oficial, no entanto é confiável. Todos os espetáculos estão lá e quem compra no site tem a vantagem de pegar fila e apenas retirar o ingresso na bilheteria. Um site de revenda é o StubHub. Esses sites funcionam como um “cambista” e revendem ingressos de lotes. Normalmente, são atrativos pelos descontos. 

E aí, viajantes, tem algum musical que você adorou ou gostaria de assistir? Compartilhe conosco!

PS. Bon Voyage!

 

 

Centro de Oranjestad – Aruba

    A poucos quilômetros da região das praias está o centro da capital Oranjestad. O local, diferente da região de Palm Beach e Eagle Beach, revela fortes traços da colonização holandesa. O charme fica por conta das casas multicoloridas e os prédios mais baixos preenchidos por azulejos holandeses. Recentemente, o centro passou por uma grande renovação, com a instalação de trilhos para um bondinho. O transporte liga o porto a rua principal “Mainstreet”. A Caya Grandi é um dos principais centros de compra, com lojas de artesanato, souvenires e restaurantes locais. O porto é um importante gerador de economia para a ilha e os cruzeiros trazem mais de 40% do total de visitantes. Quando visitei Aruba, em Abril de 2012, era feriado da monarquia (até então a rainha Beatrix não havia abdicado do trono) e muitos cruzeiros vindos da Europa aportam no local para comemorar o dia da Rainha. A partir deste ano, o feriado será festejado no dia 27 de abril, aniversário do William-Alexander e pela primeira vez, será celebrado o “dia do Rei”.

foto 14 foto 16

    Em frente a marina de Oranjestad, fica um dos hotéis mais tradicionais da ilha: Renaissance. Por ser uma região afastada das praias, o hotel possui uma ilha particular com as praias Iguana Beach e Flamingo Beach. Quem não é hospede também pode passar o dia na ilha e tem direito ao serviço all inclusive (isento de bebidas). É cobrado uma taxa de USD 25,00, por visitante, e o transporte até o local é realizado através de uma lancha. A praia é muito bonita e possui uma barreira para conter a correnteza, isso faz do lugar uma verdadeira piscina. É permitido alugar caiaques e material de mergulho e também colchões para ficar dentro d’água.

foto 18foto 19foto 20foto 15 foto 17

    É nessa região que está o shopping mais luxuoso de Aruba, o Renaissance Mall. Localizado em frente ao hotel, o espaço abriga lojas como ALDO, Calvin Klein, Carolina Herrera, Cartier, Diesel, Gucci, Guess, Lacoste, Louis Vuitton,entre outras. As compras são um grande atrativo de Aruba, por ser um país livre de impostos.

PS. Bon Voyage!