Tag: Turks&Caicos

Lua de mel em Turks & Caicos

turks 1

Hoje o texto terá um tom mais pessoal, pois vou contar para vocês sobre a minha viagem de lua de mel para Turks & Caicos – um arquipélago com ilhas paradisíacas a apenas uma hora e meia de voo de Miami. Na realidade, quando fui definir a minha viagem (isso foi em 2012, ok?) não tinha nada em mente do que gostaria de conhecer. Estava tão tumultuada com todos os preparativos do casamento, a mudança para a cidade que moro hoje que a viagem foi ficando literalmente para segundo plano. Quando me dei conta, já estava a dois meses do casamento e nada de viagem fechada. Comecei a pesquisar por lugares que ofereciam o pacotão férias sem preocupação, descartando a ideia de fazer uma viagem para a Europa porque era Julho e altíssima temporada. A Ásia parecia algo muito distante (engraçado com as coisas mudam, né?) e a África exótico. Bom, foi nesse cenário de total indecisão que vi algumas fotos de uma ilha pequenininha que a Oprah Winfrey e Bill Gates adoravam se hospedar no Caribe. Já pensei na hora – deve ser bem caro! Mas depois de pesquisar bastante percebi que se encaixaria no orçamento e, finalmente, batemos o martelo! Na realidade, essa foi a última parada da viagem, antes passamos uma semana na Jamaica, que era um sonho antigo do meu marido e desde quando namorávamos ele falava que queria passar a lua de mel lá! 

Como comentei, visitei a ilha em 2012 e naquela época não era um destino muito conhecido. Na realidade, não é muito falado até hoje, mas isso deve mudar! Contando um pouco sobre o lugar: o arquipélago, localizado ao norte da República Dominicana e próximo das Bahamas, é composto por dois grupos de ilhas: as Turks, que são pequenas ilhotas ao leste das maiores, e as Caicos, que dominam a maior parte do território. A ilha mais populosa e mais desenvolvida é Providenciales, localizada na parte oeste do arquipélago, onde também está o aeroporto internacional. Seu território é de dominação inglesa, mas a moeda utilizada é o dólar americano. Uma vantagem é que a ilha está fora da rota dos furacões, sendo assim é um destino que pode ser visitado o ano todo, com temperaturas na média de 28°C e poucos períodos de chuva. 

Conhecido como o mar mais azul do Caribe, a ilha ganhou notoriedade dos viajantes mais antenados quando a sua praia Grace Bay levou o prêmio do Tripadvisor (Traveller’s Choice) como a praia mais bonita do mundo, desbancando lugares emblemáticos como Grécia, Formentera (Espanha) e Lampedusa (Itália).  A praia de Long Bay, também em Providenciales, é o local preferido dos amantes de esportes aquáticos. Por ter mais ondas que o restante da ilha, o local recebe praticantes de kitesurf, kiteboarding e parasailing – há, inclusive, escolas especializadas para ensinar os viajantes. Já a Malcolm’s Beach é a mais deserta de Providenciales, sendo preciso alugar um veículo 4×4 para chegar lá. Além disso, o lugar é um paraíso para mergulhadores com diversos recifes e atóis.

turks 3

No entanto, é na praia de Grace Bay que estão os principais hotéis e restaurantes. Como muitos hotéis na ilha não aceita crianças, a escolha numero um das famílias é o Beaches – resort da rede Sandls com uma ótima estrutura para os pequenos. O hotel possui um sistema all inclusive e com diversos restaurantes em seu complexo, além de atividades e piscinas. Outras opções na praia de Grace Bay são os hotéis Grace Bay Club, o Regent Palms e o Seven Stars – todos com piscinas enormes, restaurantes, fitness center, spas, enfim, tudo que faz parte de um resort cinco estrelas. Nos ficamos hospedados no hotel boutique Gansevoort na praia de Grace Bay e adoramos. O hotel possui um ambiente mais intimista que os demais, com uma estrutura pequena (leia-se poucos quartos), apenas uma piscina central e dois restaurantes. O que gostamos é que o quarto era uma especie de apartamento, com quarto/sala e cozinha – deixando o hóspede livre para almoçar ou jantar no quarto. 

Por fim, não posso deixar de mencionar sobre o hotel mais sofisticado da ilha – Amanyara. O resort, da badalada rede hoteleira Aman, fixou sua bandeira em Providenciales há pouco tempo e é sinônimo de exclusividade. Localizado em frente a praia, suas vilas são situadas de frente para um lago e envoltas por uma alta vegetação. Por lá, o hóspede pode optar em ficar em villas ou pavilhões (como eles chamam os diferentes tipos de quarto). Mas se não der para encarar a diária, de US$ 1.450 na baixa temporada, faça ao menos uma refeição por lá. Já dá para ter uma boa ideia do lugar!

COMO CHEGAR?

Saindo do Brasil, a maneira mais simples de chegar é com uma conexão rápida no aeroporto internacional de Miami ou Fort Lauderdale. As cias aéreas americanas: American Airlines e Delta Airlines operam nesse trecho com voos diários e duração de 1h40min. Uma alternativa para economizar, é comprar a passagem ida/volta para o aeroporto de Fort Lauderdale e de lá pegar um voo da cia aérea low cost jetBlue com valor médio de USD 150,00 (ida/volta).

O QUE FAZER?
  • lha West Caicos – lugar ideal para fazer snorkeling e avistar golfinhos. A dica a empresa Caicos Adventures, com ótima estrutura e preço justo.
  • Centrinho Grace Bay – Lugar com feirinha de artesanato, lojas de roupas e jóias. A vantagem é que todos os produtos são duty free! Não deixe de conhecer as lojas do Regent Plaza.
  • Half Moon Bay – Uma ilha linda em formato de lua crescente. A empresa Silver Deep oferece o famoso Sunset Sail! Não deixe de fazer.
  • Passeio jet-ski – A empresa Sun & Fun Sea Sports realiza diariamente passeios guiados de jet ski por toda a costa de Providenciales. Adorei fazer!
RESTAURANTES 
  • Las Brisas – Restaurante que serve café da manha, almoço e jantar! Os pratos são mais em conta e ótima opção para uns drinks, é mais agitado!
  • Coco Bistro – Restaurante lindo especializado em comida caribenha. Fica aberto durante o dia todo, até as 22hs. É super concorrido, sugiro fazer reserva!
  • Stelle Restaurant – Fiquei hospedada no hotel Gansevoort e indico seu restaurante Stelle. Ótima opção para jantar e para conhecer o local.
  • Magnolia – Jantamos nesse restaurante em nossa última noite na ilha e fechamos com chave de ouro a viagem! O lugar tem uma vista linda para a Marina e fica ainda mais especial durante o pôr do sol.
Os táxis na ilha possuem um serviço de sharing e vc divide com outras pessoas. Não vale a pena alugar carro! Não deixe de colocar repelente na mala 😉